Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MAURICIO PIRES DE MOURA DO AMARAL

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MAURICIO PIRES DE MOURA DO AMARAL
DATA: 30/05/2016
HORA: 14:30
LOCAL: NUPCelt/UFPI/Teresina
TÍTULO:

Avaliação do monoterpeno (-)-Borneol em modelos animais de ansiedade e adicção.


PALAVRAS-CHAVES:

Ansiedade, Produtos naturais, Monoterpeno, (-)-Borneol, Docagem, Receptores GABAA.


PÁGINAS: 58
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Na recuperação de pessoas viciadas o “craving” é um obstáculo no processo da recuperação. No craving, a ansiedade é um distúrbio presente e influencia, diretamente, o sucesso do tratamento. A ansiedade pode ser definida como um estado emocional desagradável no qual existem sentimentos de perigo iminente, caracterizado por inquietação, tensão ou apreensão. Apesar de existirem drogas eficazes no tratamento da ansiedade (ex. benzodiazepínicos) estes podem provocar, também, tolerância e dependência. Um detalhe importante e que justifica a busca por novas moléculas na cura da ansiedade. O monoterpeno (-)-Borneol [(-)-BOR] se destaca, principalmente por ser uma substância com potencial efeito agonista parcial de receptores GABAA. Em modelos animais de sedação e ansiedade como a potencialização de tempo de sono induzido por tiopental, no labirinto em cruz elevado e a caixa claro-escuro, o (-)-BOR apresentou atividade significativa. Na potencialização do sono induzido por tiopental e no labirinto em cruz elevado a única dose com efeito significativo foi a dose de 100 mg/kg (***P< 0.001 e * P <0.05, respectivamente). No modelo caixa claro-escuro as doses de 25, 50 e 100 mg/kg demonstraram efeito significativo (**P<0.01, **P<0.01 e ***P <0.001, respectivamente). No experimento de docagem molecular entre o (-)-BOR e o GABAAR pode-se constatar que existe interação entre o monoterpeno e o receptor e essa interação ocorre com os seguintes aminoácidos: Lisina274 (Lis274), valina50 (Val50), Glutamina185 (Gln185), Felilanalina (Fen186) e Metionina (Met49). Além disso, a melhor conformação de docagem ocorre com uma energia livre de ligação igual a -4,96 kcal.mol-1 e uma constante de inibição de 231,31 Ki (uM). Em resumo, o (-)- BOR demonstra possuir efeitos sedativos e ansiolíticos principalmente na dose de 100 mg/kg e existe uma interação entre este monoterpeno e o GABAAR. Essa interação, provavelmente ocorre em um sítio diferente do sítio em que os benzodiazepínicos atuam.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA PAULA DOS SANTOS CORREIA LIMA DA SILVA - UEMA
Interno - 778.751.253-91 - FRANCISCO DAS CHAGAS ALVES LIMA - UESPI
Interno - 1638239 - PAULO MICHEL PINHEIRO FERREIRA
Notícia cadastrada em: 19/05/2016 16:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 05/10/2022 00:02