Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: IZABELA BORGES DE CARVALHO LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IZABELA BORGES DE CARVALHO LIMA
DATA: 23/12/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Plataforma Google Meeting
TÍTULO: DELINEAMENTO DE NANOPARTÍCULAS A PARTIR DE POLÍMEROS NATURAIS PARA ENCAPSULAÇÃO DE MESALAZINA
PALAVRAS-CHAVES: Nanocarreadores; Polímeros naturais; Goma do cajueiro; Zeína; Mesalazina; Colite.
PÁGINAS: 138
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

A Mesalazina (MSZ) é uma molécula anti-inflamatória com indicações no tratamento das Doenças Inflamatórias Intestinais (Colite Ulcerativa e Doença de Crohn) que tem como principal órgão acometido o cólon. Este fármaco tem como fatores limitantes ao seu uso a alta dosagem, baixa absortividade no cólon inflamado e alta absorção sistêmica que favorece efeitos adversos. Este estudo se propôs a encapsular MSZ em nanopartículas a partir de polímeros naturais não-tóxicos, biocompatíveis, biodegradáveis e mucoadesivos, sendo elas a Goma do cajueiro Acetilada (NP-GCA), um polissacarídeo extraído do tronco da árvore Anacardium Ocidentale, purificado e modificado e a Zeína (NP-ZN), proteína encontrada no milho classificada no grupo das prolaminas. As NP foram sintetizadas pelo método de Diálise (NP-GCA) ou Dessolvatação (NP-ZN) seguida por secagem em liofilizador ou mini spraydryer, respectivamente, variando as proporções polímero-fármaco no momento da síntese. As NP-GCA-MSZ 10:1 apresentaram tamanho 273±6,76nm, índice de polidispersão (IPD) 0,10±0,02 e potencial zeta -43,2±0,15mV e as NP-ZN-MSZ 10:1/2 apresentaram tamanho 266,6±52 nm, IPD 0,14±1.1 e Potencial zeta -36,4±1.5 mV o que sugere boa uniformidade e estabilidade coloidal das formulações. A quantificação de MSZ nas NP foi realizada através de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) onde NP-GCA-MSZ (10:1) demonstrou maior eficiência de encapsulação (99%) e drug-loaded 24µg/mL e NP-ZN-MSZ (10:1/2) apresentou eficiência de encapsulação 45% e drug-loaded 43,8 µg/mg de NP. Imagens via Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) demonstraram NPs com morfologia esférica e maciça com variação de tamanho de 240 a 400nm (NP-GCA-MSZ) e 220 a 500nm (NP-ZNMSZ). As análises através de Espectroscopia no Infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR) não mostraram espectros do fármaco nas NP em relação a mistura física o que sugere encapsulação do fármaco sem alteração da sua estrutura química. As análises termogravimétricas (TGA) demonstraram Estabilidade térmica das NP-ZN-MSZ até 300°C e ausência de pico endotérmico, que indica estado amorfo nas nanopartículas. Análises de Difração de Raio X (DRX) demonstraram que a incorporação do fármaco em nanopartículas poliméricas amorfas de NP-GCA torna-o mais estável ao reduzir a sua cristalinidade, o que melhora a solubilidade em água e as taxas de dissolução in vitro e biodisponibilidade do fármaco. Estudos de liberação in vitro demonstraram gastrorresistência, com discreta liberação do fármaco após 2h em pH 1,2: 8,13 ± 3,32% para NP-GCA-MSZ e 5,24 ± 1,39% para NP-ZN-MSZ. A mudança para pH 6,8 durante 4h aumentou a liberação do fármaco para 56,3 ± 5,44% das NP-GCA e 54,83 ± 1,30% das NP-ZN que se manteve em pH 7,4, onde observa-se liberação sustentada do fármaco 86,35 ± 2,47% NP-GCA-MSZ em 24h, e 97,67 ± 0,32% em 120h. O estudo de citotoxicidade in vitro usando a linhagem de células CT26.WT (carcinoma de cólon murino) onde as Nanopartículas em diferentes concentrações foram expostas por 72h a 37°C demonstrou que não apresentaram citotoxicidade basal até 131μg/mL NP-GCA (com ou sem MSZ), ou 500μg/mL (NP-ZN) o que sugere biocompatibilidade.Os resultados sugerem que as nanopartículas a partir de ambos os polímeros naturais (GCA ou ZN) demonstraram interação fármaco-polímero satisfatória, fornecendo evidências promissoras como veículo para a liberação sustentada de Mesalazina no cólon com foco na otimização do Tratamento das Doenças Inflamatórias Intestinais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2549060 - CARLA EIRAS
Externo à Instituição - HERNANE DA SILVA BARUD - UNIARA
Externo ao Programa - 008.162.434-41 - JOSE LAMARTINE SOARES SOBRINHO - UFPE
Notícia cadastrada em: 13/12/2021 10:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 07:36