Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDREI LEAL DA COSTA MAGALHÃES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDREI LEAL DA COSTA MAGALHÃES
DATA: 23/08/2023
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório Núcleo de Pesquisas em Plantas Medicinais
TÍTULO: MODULADORES FARMACOLÓGICOS NO SOBREPESO E OBESIDADE: AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DE CETILISTAT, SEMAGLUTIDE, AMYLIN E SETMELANOTIDE NA PERDA DE PESO
PALAVRAS-CHAVES: Perda de peso; Medicamentos; Revisão sistemática; Meta-análise; Obesidade.
PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

Atualmente, há evidências insuficientes, especialmente em ensaios clínicos randomizados, para determinar a eficácia dos medicamentos na perda de peso em pacientes com sobrepeso e obesidade. Esta pesquisa busca utilizar uma revisão sistemática e meta-análise para determinar a eficácia do Cetilistat, Semaglutide, Amylin e Setmelanotide nesse contexto. Foi conduzida uma revisão sistemática registrada no PROSPERO (número de registro: CRD42022350468), com busca sistemática nas bases de dados MEDLINE, Scopus e Web of Science. Foram incluídos dezenove ensaios clínicos randomizados, totalizando 8.485 pacientes elegíveis. A análise dos dados permitiu a realização de uma meta-análise para comparar a eficácia desses medicamentos. Semaglutide (11,5 kg), Amylin (7,6 kg), Cetilistat (3,7 kg) e Setmelanotide (3,07 kg) demonstraram uma perda média de peso estatisticamente significativa em comparação com o placebo. Cetilistat, Semaglutide e Amylin estiveram consistentemente associados a uma perda de peso mínima de 5% em adultos com sobrepeso ou obesidade. Semaglutide e Amylin apresentaram a maior probabilidade de redução de peso, alcançando taxas de 10% e 15%, respectivamente, do peso total perdido. De acordo com a meta-análise e revisão sistemática, o Cetilistat, Semaglutide, Amylin e Setmelanotide controlam efetivamente o sobrepeso e a obesidade, resultando em uma perda de peso significativa em comparação com o placebo. Esses resultados confiáveis apoiam o uso desses medicamentos no tratamento dessas condições. O Semaglutide e o Amylin, que demonstraram maior perda de peso, sendo muito vantajosos para os pacientes. Nossos resultados sugerem que o uso desses medicamentos no manejo da obesidade e sobrepeso pode aprimorar o tratamento.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 3107513 - DALTON DITTZ JUNIOR
Presidente - 2950101 - FRANCISCO LEONARDO TORRES LEAL
Interno - 3022920 - GUILHERME BARROSO LANGONI DE FREITAS
Externo ao Programa - 053.065.753-82 - JULIANA SOARES SEVERO - UFPI
Notícia cadastrada em: 17/08/2023 11:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 18/07/2024 05:14