Notícias

Banca de DEFESA: AGNELO FERNANDES DE QUEIRÓS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: AGNELO FERNANDES DE QUEIRÓS
DATA: 29/02/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Museu de Arqueologia
TÍTULO:

Os grafismos rupestres da Lagoa das Pedras Pintadas, Alto Santo, região do Jaguaribe, Ceará: documentação, pré-diagnóstico de conservação  e análise contextual preliminar


PALAVRAS-CHAVES:

Gravuras rupestres; Vale do Jaguaribe; documetação; pré-diagnóstico de conservação; arqueologia contextual. 


PÁGINAS: 165
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Arqueologia
SUBÁREA: Arqueologia Pré-Histórica
RESUMO:

O sítio arqueológico Lagoa das Pedras Pintadas fica localizado no município de Alto Santo, Ceará, sendo situado na microrregião do Médio Jaguaribe. Esse sítio arqueológico apresenta cerca de 151 matacões graníticos decorados com gravuras rupestres feitas em diferentes técnicas e com distintas temáticas gráficas. O presente estudo visou realizar a documentação em caráter amostral, um pré-diagnóstico do estado de conservação e uma análise preliminar com o intuito de identificar o potencial interpretativo do sítio e do seu acervo gráfico aos olhos da arqueologia contextual. Quanto ao estado de conservação, como todos os suportes rochosos gravados encontram-se expostos a intempéries, passando por processos acelerados de degradação, constatamos que é imprescindível dar continuidade aos trabalhos no sentido de desacelerar a ações intempéricas geradas pela água, nos períodos de invernos intensos e a incidência solar direta nos matacões gravados em épocas de estiagem, e, sobretudo, pelas mudanças térmicas geradas.O estudo também permitiu evidenciar características da paisagem de inserção do sítio quanto à sua acessibilidade, visualização e visibilidade. Com relação aos grafismos rupestres foram observadas diversas técnicas de elaboração das gravuras, tendo a raspagem simples como técnica majoritária. Nas temáticas, há predominantemente motivos gráficos com representações de reconhecimento diferido, mas há também alguns reconhecidos. Entre os motivos de reconhecimento diferido há representações rupestres recorrentes cuja proposta de reconhecimento foi realizada por meio de associações e de semelhanças iconográficas, bem como etnográficas em analogias transculturais. Pode-se observar também uma seleção de suportes rochosos com características audiométricas especiais para efetuar um determinado tipo de grafismo. Desse modo, foi possível pensar sobre a abordagem teórico-metodológica da arqueologia contextual e dissertar a respeito de suas aplicabilidades no sítio estudado. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423453 - MARIA CONCEICAO SOARES MENESES LAGE
Interno - 1668850 - ABRAHAO SANDERSON NUNES FERNANDES DA SILVA
Interno - 1520279 - FRANCISCA VERONICA CAVALCANTE
Interno - 2153338 - MARIA DO AMPARO ALVES DE CARVALHO
Interno - 423455 - SONIA MARIA CAMPELO MAGALHAES
Externo à Instituição - MARCÉLIA MARQUES DO NASCIMENTO - UECE
Notícia cadastrada em: 19/02/2016 15:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 05/10/2022 21:26