Notícias

Banca de DEFESA: BIANCA ROCHA PIMENTEL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BIANCA ROCHA PIMENTEL
DATA: 22/01/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Museu de Arqueologia e Paleontologia da UFPI
TÍTULO: Levantamento e analise sobre história e memória através da oralidade e cultura material na Fazenda Grande do Arraial, em Brejo, Maranhão – Brasil
PALAVRAS-CHAVES: Memória, História Orla, Arqueologia.
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Arqueologia
SUBÁREA: Arqueologia Histórica
RESUMO:

Esta dissertação de mestrado tem como objetivo principal interpretar, em uma perspectiva histórica através da oralidade, memória, cultura material, estruturas arquitetônicas e documentação, a história da Fazenda Grande do Arraial, como também as mudanças ocorridas nas estruturas físicas. Dentre os objetivos específicos, esta pesquisa tenta estabelecer um mapa arqueológico da fazenda com os pontos mais importantes através da entrevistas com a população local, como também entender o contexto espacial, o modo e modelo de construção das estruturas, suas atividades econômicas, dentre outros. Para a realização desse trabalho de memória e história oral, desenvolveu-se uma metodologia a partir da valorização das lembranças, sistematizando e apontando temas, como indicadores de estudos bem como o estabelecimento de um diálogo entre o entrevistado – pesquisador - leitor, buscando alcançar um ponto de ligação, para alcance desse ponto, foram realizadas entrevistas com moradores da localidade do Arraial, no município de Brejo – Maranhão. Em relação as estruturas arquitetônicas e cultura material, foram realizados caminhamentos na área da Fazenda, levantamentos fotográficos e medições para que pudesse montar as plantas das estruturas. O locus objeto desta pesquisa insere-se em um contexto histórico e econômico escravista nos séculos XVIII e XIX a partir da implantação da cultura da cana de açúcar na região. Este trabalho se justifica pelo grau de degradação dos vestígios materiais, como também pela perca da história local, assim tornando necessária a publicidade dos levantamentos realizados e sistematizações das histórias do local, uma vez que a região é inexplorada em estudos arqueológicos, assim como uma busca para a conscientização da preservação local.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2232128 - ANGELO ALVES CORREA
Interno - 1520279 - FRANCISCA VERONICA CAVALCANTE
Interno - 2153338 - MARIA DO AMPARO ALVES DE CARVALHO
Externo à Instituição - VIVIANE PEDRAZANI - UESPI
Notícia cadastrada em: 21/01/2019 10:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 26/09/2022 15:46