Notícias

Banca de DEFESA: ANNE KARENINNE SOUZA CASTELO BRANCO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANNE KARENINNE SOUZA CASTELO BRANCO
DATA: 26/11/2018
HORA: 16:30
LOCAL: Auditório do Museu de Arqueologia e Paleontologia
TÍTULO: ARQUEOLOGIA EM CAMPOS DE BATALHA: acampamento, caminhos antigos das tropas da Batalha do Jenipapo.
PALAVRAS-CHAVES: Arqueologia Histórica. Batalha do Jenipapo. Campos de Batalha. Caminhos Antigos. Acampamento.
PÁGINAS: 148
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Arqueologia
SUBÁREA: Arqueologia Histórica
RESUMO:

RESUMO

O presente trabalho apresenta um estudo arqueológico sobre a Fazenda Alecrim e o trajeto dos caminhos antigos desde esta fazenda até a Vila de Campo Maior. A referida fazenda é considerada nesta pesquisa como acampamento das tropas portuguesas antes da Batalha do Jenipapo, ocorrida em 13 de março de 1823 em Campo Maior-PI, liderado pelo Major Fidié, no contexto da Independência do Brasil. Nesta localidade a comunidade conta histórias sobre alguns lugares que ficaram na memória como pontos de encontros das tropas portuguesas quando retornavam da Vila de Parnaíba, assim como indicam os antigos caminhos que conduziam à Vila de Campo Maior, onde se julga terem sido percorridos por tropas portuguesas antes da batalha ocorrida às margens do rio Jenipapo. Nesta pesquisa investigou-se os dados históricos e se mapeou este lugar, assim como os caminhos antigos partindo da localidade chamada Angelim até a Vila de Campo Maior, considerando especialmente neste percurso o campo onde se diz ter ocorrido a Batalha do Jenipapo. Tentaremos compreender como a Arqueologia Histórica e especialmente a Arqueologia em Campos de Batalha podem auxiliar na formulação dos argumentos, na compreensão dos conceitos, e na metodologia adequada para este tipo de pesquisa. A metodologia utilizada consistiu em levantamento histórico de documentos sobre a localidade, sobre os caminhos antigos, visitas à localidade para reconhecimento de áreas, levantamento da oralidade, mapeamento dos principais pontos do possível acampamento e dos caminhos, coletas de imagens fotográficas e imagens aéreas feitas por Drone. Nesta pesquisa se discutiu com alguns autores como Andrade Lima (1993), Albuquerque (2009), Carvalho (2014), Cavalcante (2014), Constantino (1993), Johny (2012), Ramos (2014), Najjar (1993), Landa e Lara (2014), Enríquez (2014), dentre outros. Ao final desta pesquisa apresentamos o mapeamento do acampamento conhecido como Capão do Fidié e o percurso das tropas desde o acampamento na localidade Angelim até a Vila de Campo Maior.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2153338 - MARIA DO AMPARO ALVES DE CARVALHO
Interno - 2350685 - BENEDITO BATISTA FARIAS FILHO
Interno - 2297796 - GREGOIRE ANDRE HENRI MARIE GHISLAIN VAN HAVRE
Externo ao Programa - 1551249 - JOHNY SANTANA DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 21/01/2019 10:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 01/10/2022 01:56