Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VANESSA ELENIA DE BRITO MASULLO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VANESSA ELENIA DE BRITO MASULLO
DATA: 02/10/2015
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Reuniões - Campus Ministro Reis Velloso
TÍTULO:

ANÁLISE DA PREVALÊNCIA DO POLIMORFISMO PRO12ALA E 1431C>T DO GENE PPARg2 EM UMA AMOSTRA DA POPULAÇÃO DO ESTADO DO PIAUÍ DIAGNOSTICADA COM CÂNCER DE PRÓSTATA


PALAVRAS-CHAVES:

Receptor de androgênio. Androgênio independente. Receptor do ativador do peroxissomo. Alelos de risco. Haplótipos


PÁGINAS: 39
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

O câncer de próstata (CP) é o mais frequente câncer, do tipo não pele. Foi estabelecido que o crescimento do CP está associado a via de sinalização do receptor de androgênio, conduzindo a uma doença, a priori, androgênio dependente. Apesar dos bons resultados da castração androgênica, a doença metastática progride como uma forma resistente à castração e terapia de ablação hormonal. O estudo de outros receptores que podem estar mediando o crescimento do CP metastático androgênio independente tornou-se imprescindível. Recentes investigações apontaram a participação do receptor do ativador do peroxissomo y2 (PPARy2), o qual tem sido correlacionado com a capacidade de proteção em indivíduos diabéticos em desenvolver o CP. Existem dois polimorfismos muito estudados no PPARy, o Pro12Ala e 1431C>T. O objetivo é analisar, em um estudo caso-controle, a associação entre os polimorfismos Pro12Ala e 1431C>T do gene PPARy, seus prováveis haplótipos, com a susceptibilidade ao CP em uma população do Nordeste brasileiro. Serão analisadas amostras de DNA de leucócitos de sangue periférico, perfazendo o total de 182 indivíduos diagnosticados com CP e 182 indivíduos saudáveis, sem indícios clínicos e laboratoriais de comprometimento prostático. Os pacientes com CP foram diagnosticados pelo Departamento de Patologia do Hospital São Marcos, Teresina (PI), e o pacientes saudáveis são oriundos do Programa de Estratégia de Saúde da Família de Parnaíba (PI). As frequências genotípicas e alélicas observadas nos pacientes com CP serão comparadas com os controles, usando o teste do X2-quadrado, e serão testadas quando ao seu equilíbrio pela lei de Hardy-Weinberg. As análises de correlação, Odds Ratio (OR) em um intervalo de confiança (IC) de 95% serão avaliados por um o modelo de Regressão Logística. As estatísticas de desequilíbrio de ligação, as frequências haplotípicas e a correção para múltiplos testes por 1.000 permutações aleatórias serão obtidas por meio do programa Haploview 4.2. Até o presente foram genotipadas 142 amostras de pacientes com CP e seu respectivo controle para o Pro12Ala. O estudo do equilíbrio de Hardy-Weinberg para essas amostras e uma análise prévia dos dados demográficos já foram realizados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551972 - FRANCE KEIKO NASCIMENTO YOSHIOKA
Interno - 1552610 - RENATA CANALLE
Interno - 2092495 - SILMAR SILVA TEIXEIRA
Notícia cadastrada em: 27/09/2015 11:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 29/09/2022 09:29