Notícias

Banca de DEFESA: ANTONIO THOMAZ DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANTONIO THOMAZ DE OLIVEIRA
DATA: 31/03/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Reuniões do Campus Ministro Reis Velloso, UFPI
TÍTULO: Efeito do polimorfismo MAOA-VNTR sobre o erro e assimetria da banda alfa no córtex pré-frontal durante tarefa de estimativa de tempo.
PALAVRAS-CHAVES: Percepção do tempo, serotonina, banda alfa, assimetria
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

A percepção temporal é uma habilidade inata de várias espécies de animais,
sendo uma característica imprescindível para funções cognitivas básicas como a
aprendizagem e tomada de decisão. Dentre os diferentes neurotransmissores que
têm sido envolvidos com a modulação do relógio interno, a serotonina (5-HT) se
destaca  em  variados  experimentos com seres humanos e animais. Entretanto,
ainda não se sabe como polimorfismos genéticos associados com a regulação de
5-HT podem contribuir para variações na  forma como processamos a dimensão
temporal.  O presente trabalho,  com uma amostra de 97 indivíduos do sexo
masculino, teve como finalidade investigar como o polimorfismo de repetição em
tandem de número variável  (VNTR) na região promotora do gene MAOA pode
contribuir para as diferenças  interindividuais no desempenho na tarefa de
estimativa de tempo e na assimetria da banda alfa no córtex pré-frontal. Os
indivíduos estimaram o tempo (1, 4, 7 e 9s) concomitante à  captação
eletroencefalográfica.  Os  sujeitos  foram  genotipados por meio de  reação em
cadeia da polimerase (PCR) e classificados de acordo com o número de
repetições  como  portadores de alelos de alta (H-MAOA, n=59) ou baixa
expressão (L-MAOA, n=38). Por meio de uma regressão logística, o genótipo foi
previsto significantemente pelo  erro absoluto em 1s e  pela maior  atividade da
banda alfa  à esquerda do córtex pré-frontal ventrolateral  (CPFVL)  em 7s
(p<0,005). Os indivíduos L-MAOA tenderam a errar mais em 1s e a subestimar
os intervalos temporais (1, 4, 7 e 9s). Todavia, não foi encontrado efeito principal
do genótipo na  assimetria do córtex pré-frontal na análise de variância  de dois
fatores. O córtex pré-frontal anterior, córtex pré-frontal dorsolateral e CPFVL
apresentaram predominância de atividade no hemisfério direito, o que corrobora
para a sabida importância do hemisfério direito para a percepção do tempo em
estudos de lesão e de estimulação magnética  transcraniana.  O polimorfismo
MAOA-VNTR mostra-se como um importante marcador para  a  resposta
temporal, o que pode ser associado ao papel da  modulação da 5-HT  para
impulsividade, atenção e memória de trabalho, que são  importantes aspectos do
processamento temporal.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1551972 - FRANCE KEIKO NASCIMENTO YOSHIOKA
Presidente - 1551921 - GIOVANNY REBOUCAS PINTO
Interno - 2092495 - SILMAR SILVA TEIXEIRA
Notícia cadastrada em: 23/03/2017 11:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 17:40