Notícias

Banca de DEFESA: CARULINE RODRIGUES ALVARENGA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CARULINE RODRIGUES ALVARENGA
DATA: 07/06/2019
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Reuniões
TÍTULO: RELAÇÃO DE DEPENDÊNCIA ENTRE DIFERENTES TAREFAS MOTORAS EM INDIVÍDUOS JOVENS SAUDÁVEIS
PALAVRAS-CHAVES: Aprendizagem. Associação. Habilidades motoras.
PÁGINAS: 69
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

Na vida cotidiana, o controle postural adequado é necessário para realizar
atividades da vida diária e nas atividades esportivas. Para o equilíbrio, os
desempenhos são conquistados sob a utilização de diferentes componentes de
controle, como o equilíbrio estático, equilíbrio dinâmico, e numa função. Os
movimentos de mudança de direção são exemplos de função, na qual exige
equilíbrio para serem efetivos. OBJETIVO: verificar a relação de dependência e
o grau de associação entre tarefas de equilíbrio estático, equilíbrio dinâmico e
movimentos de mudanças de direção, em indivíduos saudáveis. MATERIAIS E
MÉTODOS: Estudo realizado no Laboratório Biosignal da UFPI, sob parecer
favorável do CEP local (nº: 2.174.266). 32 homens jovens saudáveis foram
avaliados, com estabilometria instrumentada para o equilíbrio estático, com o
teste SEBT para o equilíbrio dinâmico, e com o teste Y para os movimentos de
mudança direção. Correlações e associações foram feitos entre as variáveis
estabilométricas da oscilação do CP e as média das distâncias (cm) de
excursão no teste SEBT, e entre os resultados do teste SEBT e os tempo (ms)
de conclusão de movimentos de mudança de direção no teste Y. Os voluntários
foram divididos em dois grupos, G1 e G2, nivelados sob os resultados do teste
Y reativo, para comparar variáveis e novamente correlacionar os desempenhos
nas tarefas propostas. RESULTADOS: Poucas associações e baixa correlação
entre as variáveis do CP e as direções do SEBT, e moderada dependência
entre as direções do SEBT e movimentos de mudança de direção. Com a
divisão dos grupos, não houve diferença entre equilíbrio estático e dinâmico nos
grupos. Houveram moderadas à forte correlações entre as tarefas de equilíbrio
estático apenas no ensaio UEO e dinâmico, e entre equilíbrio dinâmico e
mudança de direção planejada no grupo mais ágil (G2). CONCLUSÃO: Não há
relação entre o equilíbrio estático e dinâmico em jovens saudáveis. Existe
relação entre equilíbrio dinâmico e movimentos de mudança de direção
planejada.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1643216 - ALESSANDRA TANURI MAGALHAES
Interno - 1642909 - FUAD AHMAD HAZIME
Presidente - 1774210 - VINICIUS SAURA CARDOSO
Notícia cadastrada em: 05/06/2019 16:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 18:49