Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA DAS GRAÇAS DE MELO SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA DAS GRAÇAS DE MELO SOUSA
DATA: 22/10/2021
HORA: 15:00
LOCAL: ON-LINE
TÍTULO: FATORES ASSOCIADOS AO POLICONSUMO DE ÁLCOOL, TABACO E DROGAS ILÍCITAS EM ADOLESCENTES ESCOLARES
PALAVRAS-CHAVES: Adolescente. Estudante. Saúde do adolescente. Drogas ilícitas. Fatores de risco.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
SUBÁREA: Saúde Pública
RESUMO:

Introdução: O policonsumo de drogas é definido como o consumo de duas ou mais substâncias psicoativas em um determinado período de tempo e associa-se a uma variedade de consequências psicológicas, sociais e de saúde a curto e longo prazo. Objetivo: Analisar os fatores associados ao policonsumo de álcool, tabaco e drogas ilícitas em adolescentes escolares. Métodos: Estudo de corte transversal utilizando dados da Amostra 2 da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar realizada em 2015. A variável dependente foi o policonsumo de álcool, tabaco e drogas ilícitas, sendo considerados poliusuários os adolescentes que referiram ter consumido bebida alcóolica, tabaco e drogas ilícitas nos 30 dias anteriores à realização da pesquisa. As variáveis independentes foram incluídas em um modelo hierárquico de análise dividido em três níveis de determinantes, no nível distal incluiu-se as variáveis do bloco 1 referentes as características sociodemográficas, no nível intermediário, as variáveis do bloco 2 relacionadas ao contexto familiar e, no nível proximal, foram incluídas as variáveis do bloco 3 referentes a situações estressoras e aspectos comportamentais. Todas as variáveis com significância estatística de p-valor<0,20 na análise bivariada obtidas pelo Qui-quadrado de Wald foram incluídas no modelo multivariado. Foi utilizada a razão de prevalência como medida de efeito com intervalo de confiança de 95% (IC95%), obtida pela regressão de Poisson múltipla e realizada de acordo com o modelo hierarquizado estruturado em blocos. Partiu-se de um modelo que incluiu todas as variáveis do mesmo bloco, sendo retiradas as variáveis com valor de p maior que 0,05 através do método backward elimination, obtendo-se ao final, três modelos de regressão, nos quais as razões de prevalência foram ajustadas pelas variáveis do mesmo nível ou superiores. Em todas as análises considerou-se o efeito do desenho amostral para amostras complexas, utilizando-se pesos amostrais calculados no módulo “Análise Amostras Complexas” do software SPSS Statistics (versão 20.0). Resultados: No modelo 1, mantiveram-se associadas ao policonsumo as variáveis exercer trabalho (RP = 2,15; IC95%: 1,72 – 2,68), morar nas regiões Sul (RP = 1,65; IC95%: 1,15 – 2,38) e Sudeste (RP = 1,56; IC95%: 1,09 – 2,23) e ser filho de mães com ensino médio foi considerado protetivo (RP = 0,68; IC95%: 0,51 – 0,89). No modelo 2, as variáveis faltar aulas sem permissão dos pais (RP = 1,84; IC95%: 1,47 – 2,29), pais não saberem o que os filhos fazem no tempo livre (RP = 1, 75; IC95%: 1,41 – 2,18), ser filho de fumantes (RP = 1,64; IC95%: 1,31 – 2,07) e possuir histórico de agressão física intrafamiliar (RP = 1,46; IC95%: 1,13 – 1,89) mantiveram-se associadas ao policonsumo. No modelo 3, as maiores associações com a ocorrência do policonsumo foram observadas em escolares cujos amigos usam drogas (RP = 28,29; IC95%: 11,72 – 68,29) e em adolescentes que sofreram relação sexual forçada (RP = 1,61; IC95%: 1,27 – 2,04)Conclusão: O policonsumo de álcool, tabaco e drogas ilícitas associou-se à fatores sociodemográficos, familiares, comportamentais e eventos estressantes, fatores que devem ser considerados no planejamento de estratégias de prevenção e intervenção voltadas para adolescentes. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1552848 - ANA ROBERTA VILAROUCA DA SILVA
Externo à Instituição - ANGÉLICA MARTINS DE SOUZA GONÇALVES - UFSCAR
Externo ao Programa - 2073270 - FERNANDO JOSÉ GUEDES DA SILVA JÚNIOR
Presidente - 2730060 - LUISA HELENA DE OLIVEIRA LIMA
Notícia cadastrada em: 24/09/2021 15:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 01/10/2022 02:49