Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JANAYRA KALINE BARBOSA OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JANAYRA KALINE BARBOSA OLIVEIRA
DATA: 23/02/2022
HORA: 14:00
LOCAL: ON-LINE
TÍTULO: A IMPLEMENTAÇÃO DAS AÇÕES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS A PARTIR DA PERCEPÇÃO DOS ATORES ENVOLVIDOS
PALAVRAS-CHAVES: Educação Alimentar e Nutricional. Implementação. Percepção. Escola.
PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
SUBÁREA: Saúde Pública
RESUMO:

Introdução: No Brasil a Educação Alimentar e Nutricional (EAN) vem sendo implementada pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) com o objetivo de promover o bem-estar integral do estudante por meio de intervenções capazes de criar ou alterar comportamentos, implementadas por meio de ações intersetoriais e transversais, promovendo a alimentação saudável. E, apesar, da implementação dos objetivos traçados exigir comprometimento dos profissionais, bem como, maior disponibilidade, ainda há poucos estudos avaliativos que priorizem sua participação nesse processo. Objetivo: Analisar a implementação das ações de educação alimentar e nutricional nas escolas públicas, a partir da percepção dos professores e nutricionistas envolvidos. Métodos: Estudo empírico descritivo com abordagem qualitativa e de alcance exploratório e comparativo. Foram entrevistados 15 sujeitos, entre professores e nutricionistas da educação infantil sobre a implementação das ações de EAN nas escolas. Os dados obtidos foram transcritos e analisados, segundo Bardin (2009), e, após essa análise, foram submetidas ao software IRAMUTEQ e apresentados em Classificação Hierárquica Descendente, Análise Fatorial Correspondente, Análise de Similitude e Nuvem de Palavras. Resultados: Todos eram do sexo feminino, jovens e a maioria com especialização. Os professores possuíam experiência média de 10 anos, como servidores municipais. Enquanto os nutricionistas tinham experiência média de 1 ano com nutrição escolar, por meio de contrato. A frequência nas ações de EAN referidas foi “às vezes” na maior parte do grupo. Foram evidenciados cinco eixos temáticos: hábito alimentar das famílias, percepção sobre a implementação das ações de EAN, o que pode ser feito em termos de EAN, como são executadas essas ações e as atribuições dos nutricionistas. A abordagem lúdica das ações foi a mais citada nas entrevistas. No comparativo entre as escolas, foi possível demonstrar dificuldades na implementação, com o hábito alimentar das famílias, com o modo de executar as ações e com a periodicidade nas diferentes zonas abordadas. Conclusões: Esta é uma pesquisa pioneira. O que torna este estudo relevante para a discutir a atuação dos profissionais no campo da promoção da saúde e da alimentação saudável no ambiente escolar. A dimensão biológica foi a mais referida pelos entrevistados, acompanhada do reconhecimento sobre a importância da EAN no ambiente escolar e de abordagens adequadas para o trabalho da temática. Esses elementos indicam as discussões no campo da alimentação e nutrição estão simplificadas e precisam ser atualizadas.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1585512 - JESUSMAR XIMENES ANDRADE
Interno - 2655082 - HILDA MARIA MARTINS BANDEIRA
Interno - 1642393 - KAROLINE DE MACEDO GONCALVES FROTA
Externo ao Programa - 423671 - MARIA DO SOCORRO SILVA ALENCAR
Externo à Instituição - ELISABETTA GIOCONDA IOLE GIOVANNA RECINE - UnB
Notícia cadastrada em: 24/01/2022 11:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 29/09/2022 01:13