Últimas Notícias
Banca de DEFESA: JOSE FERREIRA DA SILVA JUNIOR
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE FERREIRA DA SILVA JUNIOR
DATA: 30/08/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Física
TÍTULO: Estudo de Transições de Fase em Cristais de Cloridrato de Cisteína Monohidratado Submetidos a Condições de Altas Pressões e Baixas Temperaturas
PALAVRAS-CHAVES: aminoácidos, transições de fase, altas pressões, baixas temperaturas.
PÁGINAS: 110
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Física
RESUMO:

No presente trabalho policristais de cloridrato de L-cisteína monohidratado, cuja fórmula molecular é C3H7NO2∙HCl∙H2O, foram estudados através de espectroscopia Raman a temperatura ambiente e em condições de baixas temperaturas ou altas pressões com o objetivo principal de verificar a sua estabilidade. Experimentos de espectroscopia Raman em baixas temperaturas (-160 a 20°C) foram realizados no intervalo espectral de 25 a 3500 cm-1. Com a redução da temperatura, pode-se observar que o perfil do espectro não sofreu mudanças qualitativas e não apresenta qualquer evidência de uma transição estrutural sofrida pelo cristal de CYSCLM. No entanto, descontinuidades no número de onda de alguns modos vibracionais associados ao OH-, NH3+ e CH2 foram notadas e associados a mudança conformacional do esqueleto da molécula de cisteína para valores de temperatura entre -60 e -20°C. À temperatura ambiente foram realizados experimentos de espectroscopia Raman em altas pressões no mesmo intervalo espectral para valores de pressão até 6,2 GPa. Com o aumento da pressão, o cristal mostrou-se estável, e as mudanças observadas no espectro relacionadas com os modos vibracionais associados ao OH-, SH e CCN foram associadas a mudanças conformacionais das moléculas na célula unitária. De uma forma geral, o cristal de cloridrato de L-cisteína monohidratado mostrou-se estável tanto à baixas temperaturas (-160 a 20°C) quanto à altas pressões (pressão ambiente até 6,2 GPa), não apresentando qualquer indício de transição de fase estrutural sofrida pelo cristal. Tal estabilidade foi explicada em termos da complexa rede de ligações de hidrogênio apresentada por esses cristais.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1720015 - GARDENIA DE SOUSA PINHEIRO
Interno - 1623821 - ACRISIO LINS DE AGUIAR
Interno - 2056226 - CLEÂNIO DA LUZ LIMA
Externo ao Programa - 228.469.303-25 - PAULO DE TARSO CAVALCANTE FREIRE - UFC

Cadastrada em: 08/08/2017
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
SIGAA | Núcleo de Tecnologia da Informação - NTI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.srvjb07 21/08/2017 12:36