Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA HELENA SOUSA LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA HELENA SOUSA LIMA
DATA: 27/03/2024
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório da Pós-graduação
TÍTULO: AVALIAÇÃO DA MICOBIOTA EM RAÇÕES DESTINADAS A TILÁPIA DO NILO (Oreochromis niloticus) CULTIVADA NA ZONA RURAL DE TERESINA- PIAUI.
PALAVRAS-CHAVES: Aflatoxinas; rações; piscicultura
PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Nutrição e Alimentação Animal
ESPECIALIDADE: Avaliação de Alimentos para Animais
RESUMO:

Observamos que é fundamental as análises fúngicas em rações de peixes para garantir a qualidade e a segurança alimentar para esses animais. Mediante algumas análises é favorável identificar meios de contaminação por presença de fungos filamentosos na qual os mesmos podem produzir toxinas, prejudicando assim a ração em características físicas e ocasionando assim problemas a saúde dos peixes. A forma incorreta de armazenamento dessas rações pode ocasionar cada vez mais uma grande proliferação fúngica, trazendo problemas econômicos para o produtor rural. O uso incorreto e indevido de antibacterianos comerciais nas rações de peixes para tratar .Os objetivos desse estudo é verificar se o armazenamento das rações para tilápias influência nas características físico químicas e favorece a produção de fungos, Analisar se as rações para piscicultura possuem contaminação por aflatoxinas, comparar se o teor de proteínas das rações favorece a multiplicação de fungos durante a estocagem, analisar se os fungos filamentosos isolados e identificado presentes na ração para piscicultura produzem aflatoxina, avaliar se a forma de estocagem para uso em ambientes de piscicultura interfere nas características físico-químicas das rações e Pesquisar se as rações para piscicultura possuem sujidades. O experimento consiste em um delineamento inteiramente casualizado (DIC) com um fatorial 2x2 , rações com dois teores de proteína 28% e 32%  sendo a ração de 28 % utilizada para a engorda e a de 32 % utilizada na fase de crescimento e terminação desse animal, contendo rações vindas de fábrica(saco fechado) e rações utilizadas pelo produtor (saco aberto) para o consumo diário desses animais. Os dados serão interpretados estatisticamente a uma análise de variância pelo procedimento GLM do SAS versão 9.0 com α = 0,05


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423411 - MARIA CHRISTINA SANCHES MURATORI
Externo ao Programa - 2159669 - RAIZZA EVELINE ESCÓRCIO PINHEIRO
Externo à Instituição - RODRIGO MACIEL CALVET - IFMA
Notícia cadastrada em: 28/02/2024 11:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/06/2024 16:37