Notícias

Banca de DEFESA: RAFAELA DE BRITO VIEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAELA DE BRITO VIEIRA
DATA: 31/05/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Sala Virtual no Google Meet
TÍTULO: POLIMORFISMO NO GENE IRF8 ASSOCIADO A RESISTÊNCIA A VERMINOSE EM OVINOS SANTA INÊS
PALAVRAS-CHAVES: Gene candidato, IRF8, Tetra-Primer (ARMS PCR), SNP, Associação genética
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
RESUMO:

A identificação de marcadores genéticos associados a resistência a parasitas gastrintestinais, pode auxiliar no processo de seleção de animais mais resistentes. Neste sentido, o gene IRF8 (interferon regulatory factor 8) apresenta-se como candidato para a característica resistência a nematoides gastrintestinais. Dado o exposto, objetivou-se avaliar o efeito do SNP IRF8_s63778.1 do gene IRF8 sobre a característica resistência à verminose, tamanho corporal e peso de ovinos da raça Santa Inês. Foram utilizados 115 ovinos, os quais foram genotipados para o SNP com a técnica Tetra-primer (ARMS PCR). As análises estatísticas de associação foram executadas sob um modelo Linear Misto Generalizado para a característica resistência à verminose, e um modelo linear misto para as características de tamanho corporal e peso vivo. Foram adotadas duas abordagens de associação do efeito do genótipo sobre as características estudadas. O efeito foi considerado significativo a 5% de probabilidade; por tratar-se de uma característica poligênica, foi assumido efeito sugestivo do genótipo do marcador a 10% de probabilidade. O genótipo AA foi o mais frequente na população (0,79), seguido do AG (0,21), o terceiro genótipo não foi observado na população estudada. No SNP IRF8_s63778.1 avaliado, o alelo A apresentou a maior frequência na população amostral (0,89). Para as características analisadas o efeito do genótipo foi sugestivo (valor p= 0,0566), sobre a resistência à verminose com os animais com genótipo AA com maior média para resistência à verminose do que os animais heterozigotos AG. Pode-se inferir que o presente estudo é o primeiro a demonstrar uma possível associação de variantes genéticas do gene IRF8 com a característica de resistência à verminose, dado que na literatura consultada não há relatos de associação de polimorfismos do gene IRF8_s63778.1 com resistência à verminose em ovinos. A correlação entre tamanho corporal, peso corporal e resistência à verminose foram baixas. A técnica Tetra primer (ARMS PCR) mostrou-se eficiente na identificação de genótipos em ovinos da raça Santa Inês. O genótipo AA no locus IRF8_s63778.1 pode ser um indicador de animais mais resistentes à verminose. O IRF8 pode ser considerado um gene candidato para seleção de animais mais resistentes a verminose.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550485 - JOSE LINDENBERG ROCHA SARMENTO
Interno - 1737174 - FABIO BARROS BRITTO
Externo à Instituição - GLEYSON VIEIRA DOS SANTOS - UESPI
Externo à Instituição - LUCIANO SILVA SENA - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 24/05/2022 08:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 18/08/2022 10:12