Notícias

Banca de DEFESA: JAILTHON CARLOS DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JAILTHON CARLOS DA SILVA
DATA: 11/09/2015
HORA: 16:00
LOCAL: ANEXO DO INSTITUTO DE DOENÇAS TROPICAIS NATAN PORTELLA
TÍTULO:

Comparação entre microscopia óptica e reação em cadeia da polimerase quantitativa para estimativa de parasitemia no calazar.


PALAVRAS-CHAVES:

LEISHMANIOSE VICERAL. PARASITEMIA. qPCR. MICROSCOPIA.


PÁGINAS: 43
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral
RESUMO:

A identificação de seres humanos como fontes de infecção de Leishmania infantum pode sugerir novas estratégias de intervenção para o controle da doença. O único método atualmente disponível para esta finalidade é o xenodiagnóstico, que é incompatível para intervenções populacionais. Tem sido proposto O uso de técnicas moleculares como a PCR quantitativa (qPCR) tem sido proposto, mas seu significado real na detecção de parasitas viáveis não é bem conhecido. Nesta direção, resolveu-se verificar microscopicamente a concentração de amastigotas no sangue periférico de 30 pacientes com calazar no Nordeste do Brasil através do exame do creme leucocitário do sangue periférico e comparar com a qPCR. Foram identificados parasitas no sangue periférico em 67% dos pacientes, em concentração muito baixa (média 0,3 parasitas por mL) em contraposição com a qPCR que apresentou 93% de sensibilidade. A quantidade de parasitas foi maior no plasma (22.090 parasitas/mL) do que no sangue total (mediana = 7,905 parasitas/mL). Conclui-se que tanto os amastigotas circulantes como os resultados do qPCR não correspondem aos resultados de xenodiagnóstico e que o sangue não é a fonte de infecção para os vetores do calazar.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADELINO SOARES LIMA NETO - UFPI
Presidente - 423457 - CARLOS HENRIQUE NERY COSTA
Externo ao Programa - 1568718 - MARIA REGIANE ARAUJO SOARES
Externo à Instituição - RÉGIS BERNARDO BRANDIM GOMES - FIOCRUZ
Notícia cadastrada em: 27/08/2015 09:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 15/07/2024 15:21