Notícias

Banca de DEFESA: LIVIO PORTELA CARDOSO COELHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LIVIO PORTELA CARDOSO COELHO
DATA: 26/08/2016
HORA: 10:00
LOCAL: Sala do Conselho Departamental, no Centro de Ciências da Saúde,situado na Avenida Frei Serafim, Nº 2
TÍTULO:

 

Estudo Comparativo entre a Citologia da Punção Aspirativa de Linfonodo Axilar e a Histopatologia do Linfonodo Sentinela em Mulheres com Câncer de Mama.


PALAVRAS-CHAVES:

 

Câncer de Mama, Linfonodo Axilar, Linfonodo Sentinela, Punção Aspirativa por Agulha Fina.


PÁGINAS: 69
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

Introdução: O câncer de mama é a segunda neoplasia maligna mais frequente nas mulheres em todo o mundo. No Brasil são estimados 57.960 casos novos em 2016. Entretanto, seu prognóstico está diretamente relacionado com o estadiamento no momento do diagnóstico. Nos casos considerados iniciais, apenas 30 a 40% tem comprometimento da axila, fazendo com que a maioria não necessite de linfadenectomia axilar, evitando suas complicações. A Pesquisa de Linfonodo Sentinela ainda é o padrão-ouro para o estadiamento, mas requer custos, complexidade técnica para sua realização, além de ter seus efeitos colaterais. Portanto, novas técnicas têm sido avaliadas para substituir a Pesquisa de Linfonodo Sentinela, como ultrassonografia e punção aspirativa por agulha fina (PAAF) guiada por Ultrassonografia. Objetivo: Comparar a citologia de linfonodo axilar obtida por punção aspirativa por agulha fina guiada por ultrassonografia (US) com a histopatologia do linfonodo sentinela em pacientes com câncer de mama. Métodos: Foi realizada punção aspirativa por agulha fina guiada por ultrassonografia para obtenção de citologia de linfonodo axilar em 27 pacientes com estádio inicial de câncer de mama, com indicação de Pesquisa de Linfonodo Sentinela e comparado com a histopatologia do linfonodo sentinela colhido destas pacientes. Resultados: A média de idade foi de 51 anos; o tamanho médio de tumor foi de 1,7cm. A média de linfonodos sentinelas colhidos foi de dois. Dos subtipos, 85% foram carcinoma ductal invasivo, 7% foram carcinoma lobular invasivo e 4% carcinoma tubular e carcinoma metaplásico. A sensibilidade da PAAF foi de 45%, a especificidade de 100%, o valor preditivo positivo de 100% e o valor preditivo negativo de 73%. Conclusão: A citologia de linfonodo axilar obtida por PAAF guiada por US em pacientes com câncer de mama apresenta uma especificidade similar à histopatologia do linfonodo sentinela nos casos de presença de metástases axilares, todavia, quando a citologia linfonodal é negativa, não afasta a presença de implantes metastáticos axilares, devido sua baixa sensibilidade em comparação com a histopatologia do linfonodo sentinela.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423488 - BENEDITO BORGES DA SILVA
Externo ao Programa - 1792692 - LUIZ AYRTON SANTOS JUNIOR
Interno - 423490 - NADIR DO NASCIMENTO NOGUEIRA
Interno - 3373256 - PEDRO VITOR LOPES COSTA
Notícia cadastrada em: 04/08/2016 15:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 15/07/2024 13:57