Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ NEWTON FERNANDES DA SILVA JÚNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ NEWTON FERNANDES DA SILVA JÚNIOR
DATA: 17/10/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do setor de Histologia do Departamento de Morfologia Campus Ministro Petrônio Portela.
TÍTULO: Anatomia e Histologia do Joelho da Cutia (Dasyprocta prymnolopha Wagler 1831).
PALAVRAS-CHAVES: roedores, articulação, meniscos, ligamentos, patela.
PÁGINAS: 46
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

Introdução: As cutias (Dasyprocta sp) são roedores silvestres de médio a grande porte,
utilizados frequentemente como fonte de alimento e extração de couro por populações
locais. Possuem grande potencial zootécnico, o que estimula estudos anatômicos e
morfológicos a fim de fundamentar ações de manutenção em cativeiro, preservação em
habitat natural e uso desse animal como modelo experimental. Objetivos: Descrever a
anatomia e histologia da articulação do joelho da cutia. Metodologia: Foram utilizadas
4 cutias (Dasyprocta prymnolopha) adultas (com idade 1 a 2 anos), constituídas de 2
fêmeas e 2 machos. Os animais foram provenientes do Núcleo de Estudo e Preservação
de Animais Silvestres - NEPAS (Certificado de Registro IBAMA/PI Nº 02/08-618), do
Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Os
animais foram submetidos à dissecação e identificação das estruturas da articulação do
joelho após a eutanásia. Para microscopia de luz no ligamento patelar, nos ligamentos
cruzados cranial e caudal, e nos ligamentos colaterais medial e lateral, foram utilizados
dois espécimes adultos de cada sexo. Resultados: A análise macroscópica identificou
uma articulação patelofemoral de elevada congruência; patela alongada; fabelas medial
e lateral na inserção proximal do gastrocnêmico; meniscos medial e lateral com lúnulas;
ligamento patelar; 4 ligamentos femorotibiais (ligamentos cruzados cranial e caudal;
ligamentos colaterais medial e lateral); 4 ligamentos meniscais (ligamento
meniscofemoral, ligamento meniscotibial caudal do menisco medial, ligamento
meniscotibial cranial do menisco medial e do menisco lateral). No aspecto histológico,
o ligamento patelar apresentou feixes de colágenos paralelos com trajeto retilíneo e
fibroblastos enfileirados; os ligamentos colaterais e cruzados apresentaram tecido
conjuntivo denso modelado e frouxo, fibroblastos enfileirados e ondulações dos feixes
de colágenos, esta ultima mais expressiva no ligamento cruzado cranial. Conclusão: O
joelho da cutia apresentou composição semelhante ao de roedores e animais domésticos,
aproximando-se em relação à espécie humana em alguns aspectos. Assim, os resultados
desta pesquisa podem contribuir no adequado manejo dessa espécie, bem como
fomentar o uso da mesma como modelo experimental.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2572995 - AIRTON MENDES CONDE JUNIOR
Externo ao Programa - 1790250 - CHRISTIANNE MARIA TINOCO VERAS
Externo ao Programa - 2899164 - MAIRA SOARES FERRAZ
Externo à Instituição - TARSIA GIABARDO SILVA MENDONÇA - UNESP
Notícia cadastrada em: 01/10/2018 14:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 15/07/2024 14:50