Notícias

Banca de DEFESA: ÉMERSON DAVI DO NASCIMENTO BRAZIL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ÉMERSON DAVI DO NASCIMENTO BRAZIL
DATA: 16/12/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala do Conselho Departamental, Centro de Ciências da Saúde - UFPI / Avenida: Frei Serafim, Nº 2280
TÍTULO: Avaliação da Expressão do Receptor IGF-I no Leiomioma Uterino e no Miométrio Adjacente
PALAVRAS-CHAVES: Mioma Uterino, Miométrio, Receptor IGF-I, Imunoistoquímica
PÁGINAS: 71
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

Introdução: Os miomas uterinos são tumores sólidos benignos que acometem principalmente mulheres em idade reprodutiva, sendo responsável por um grande número de histerectomias realizadas anualmente em todo o mundo. Apesar de amplamente estudados, possuem etiologia ainda desconhecida, a qual vem sendo associada a fatores hormonais, estilo de vida, histórico clínico e fatores de crescimento, como o IGF-I. Estudos têm mostrado uma associação entre a superexpressão dos receptores desse fator de crescimento (IGF-IR) com os miomas uterinos. Objetivo: Avaliar a expressão de receptores IGF-I em miomas uterinos e no miométrio adjacente. Pacientes e métodos: estudo transversal envolvendo 50 mulheres diagnosticadas com leiomiomatose uterina e que, em razão disto, foram submetidas ao procedimento de histerectomia total na Clínica Ginecológica do Hospital Getúlio Vargas, em Teresina- PI. Cortes histológicos de 4µm foram usados na técnica de imunoistoquímica utilizando-se anticorpos policlonais para o receptor IGF-I e analisadas através do método “quickscore”, que tem como base a avaliação semiquantitativa da intensidade de coloração e da porcentagem de células coradas positivamente nos tecidos. A análise estatística dos dados foi realizada através do teste de Wilcoxon e o nível de significância foi estabelecido em p<0,05. Resultados: O score médio de células coradas no miométrio e no mioma, para receptores IGF-I, foi de 11,36 ± 5,61 e 7,60 ± 4,46, respectivamente. Conclusão: observou-se uma expressão aumentada do receptor IGF-I no tecido miometrial uterino não neoplásico em comparação com o tecido das amostras leiomiomatosas, sendo essa diferença estatisticamente significante.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALESSE RIBEIRO DOS SANTOS - UESPI
Interno - 423488 - BENEDITO BORGES DA SILVA
Interno - 423584 - IONE MARIA RIBEIRO SOARES LOPES
Presidente - 3373256 - PEDRO VITOR LOPES COSTA
Notícia cadastrada em: 06/12/2019 11:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 15/07/2024 14:51