Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JESSYCA CHRISTINA FORTES RAMOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JESSYCA CHRISTINA FORTES RAMOS
DATA: 15/07/2016
HORA: 08:00
LOCAL: Sala de Aula Mestrado/ CMRV
TÍTULO:

SÍNTESE VERDE DE NANOPARTICULAS DE PRATA USADO EXTRATO DA CASCA DO Anacardium occidentale.

 


PALAVRAS-CHAVES:

Síntese verde, nanopartículas de prata e Anacardium occidentale.


PÁGINAS: 29
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Os princípios da síntese verde em conjunto com a nanotecnologia possibilitam minimização dos impactos destes sistemas à saúde humana e ao meio ambiente. Dentre os insumos utilizados na síntese verde de nanoparticulas (NPMs), extratos provenientes de plantas têm sido bastante reportados na literatura, por atuar tanto como agentes químicos redutores bem como agentes estabilizantes. O Anacardium occidentale, é uma planta medicinal, pertencente à família Anacardiaceae. Vários estudos apontam as propriedades biológicas do cajueiro como anti-inflamatório, antibacteriana, antileishmania e antioxidante. Diante disso, o objetivo desse estudo é analisar e caracterizar síntese verde de nanopartícula de prata com extrato da casca de Anacardium occidentale. A concentração usada do extrato da casca de Anacardium occidentale foram de 0,1%, e uma solução aquosa 1 mM de AgNO3, na proporção 1:1. Antes de realizar síntese, o pH da solução do A. occidentale foi previamente ajustado para   10 e 11, o tempo de síntese foi 24 horas. O tamanho e formato da NPs são um dos principais fatores que determinam a faixa espectral de absorção no Uv-vis. As AgNPs com pH 10 e com pH 11 apresentaram uma banda no comprimento de 420nm região que indica a redução do AgNO3 e formação de nanoparticulas de prata. Com se refere extrato de planta, metabólitos primários e secundários, podem ser as variáveis que atuam na biorredução. Os valores médios observados do diâmetro hidrodinâmico indicados pelo equipamento foram para AgNP pH 10 de 110.2nm e pH 11 de 184,3nm e o grau de polidispersão (PdI) 0.231 a 0.367, respectivamente, nanoparticulas de prata formadas por rotas de síntese verde geralmente possuem um PdI moderado, variando de 0,3 a 0,5 o que corrobora os bons resultados obtidos deste método. Pela técnica de rastreamento de nanoparticulas mostrou nanoparticulas cerca de 75nm para as AgNP pH10 e AgNP pH11.O extrato demonstrou um grande potencial como redutor capaz de produzir uma reação de redução da Ag+ a Ag0. De maneira geral as AgNPs sintetizadas apresentaram atividade antimicrobiana para S. aureus e E. coli. O extrato da casca apresentou atividade somente para S. aureus enquanto o nitrato de prata apresentou resultado para ambas bactérias.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1718303 - DURCILENE ALVES DA SILVA
Interno - 1789383 - JEFFERSON SOARES DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 913.964.335-20 - JOILSON RAMOS DE JESUS - UFBA
Notícia cadastrada em: 30/06/2016 10:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 30/11/2022 21:16