Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: NABILA EVELYN MARTINS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NABILA EVELYN MARTINS
DATA: 23/06/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Aula do Mestrado/CMRV
TÍTULO: CARACTERIZAÇÃO FITOQUÍMICA PRELIMINAR, ATIVIDADES BIOLÓGICAS DE EXTRATOS DE Hibiscus sabdariffa L. E SÍNTESE VERDE DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA
PALAVRAS-CHAVES: Antioxidante, Acetilcolinesterase, Nanotecnologia.
PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A produção de nanopartículas de prata (AgNPs) utilizando extratos naturais vem se tornando importante alternativa para potencializar atividades biológicas. Extratos de Hibiscus sabdariffa L. possuem inúmeras propriedades terapêuticas descritas, mas ainda há poucos relatos de formulações de AgNPs utilizando essa espécie. No presente trabalho, foram realizadas extrações aquosas e etanólicas de cálices (EAHSC e EEHSC) e folhas (EAHSF e EEHSF) de Hibiscus sabdariffa L., para os quais realizou-se a triagem fitoquímica preliminar e avaliação das atividades antibacteriana, antioxidante e de inibição enzimática. Utilizando os extratos aquosos de cálices e folhas foram sintetizadas AgNP-EAHSC e AgNP-EAHSF respectivamente. Rendimentos maiores foram obtidos nas extrações etanólicas. Todas as amostras apresentaram-se ácidas, sendo que os valores de pH de cálices foram mais baixos que os de folhas. Os perfis de constituintes fitoquímicos foram semelhantes, onde fenóis, taninos, flavonas, flavonóis, xantonas e polissacarídeos foram encontrados em todos os extratos, antocianinas e antocianidinas somente em EAHSC e alcaloides apenas nos etanólicos. Verificou-se maiores teores de compostos fenólicos nos cálices e de flavonoides nas folhas. EEHSF e EAHSC apresentaram maior e menor capacidade antioxidante, respectivamente. Não foi verificada atividade antibacteriana para Staphylococcus aureus e Escherichia coli. Entre os extratos testados para atividade de inibição da enzima acetilcolinesterase, EEHSC exibiu maior porcentagem de inibição com valor de IC 50 de 2,80 mg/mL. A formação de AgNP-EAHSC foi confirmada por espectroscopia UV/visível, e seguiu-se com a caracterização da mesma, onde verificou-se tamanho médio de partículas nanométrico e estabilidade moderada.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1718303 - DURCILENE ALVES DA SILVA
Interno - 1221652 - IVANILZA MOREIRA DE ANDRADE
Externo ao Programa - 2147346 - TATIANE CAROLINE DABOIT
Notícia cadastrada em: 14/06/2017 08:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 06/12/2022 04:53