Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CLAUDIA SOUSA PIRES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLAUDIA SOUSA PIRES
DATA: 15/07/2022
HORA: 14:00
LOCAL: sistema remoto
TÍTULO: NANOEMULSÕES DE ÓLEO EM ÁGUA À BASE DE GOMA DO CAJUEIRO E ÓLEO ESSENCIAL DE CRAVO: SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DOS POTENCIAIS ANTIOXIDANTE E ANTIMICROBIANO PARA APLICAÇÃO EM PESCADO
PALAVRAS-CHAVES: Nanoemulsões de Óleo Essencial de Cravo (Syzygium aromaticum L.); Goma do cajueiro antimicrobiano; antioxidante; pescados.
PÁGINAS: 46
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Manter o pescado com características desejáveis por um maior período de tempo tem sido
um dos grandes desafios da indústria. Nanopartículas ou compostos bioativos
nanoencapsulados têm se mostrado eficazes na melhoria da segurança e qualidade dos
produtos alimentícios. Considerando que existem nos óleos essenciais, componentes que
poderão manter essa qualidade por mais tempo, com baixo custo e baixa toxicidade. Os
óleos essenciais são derivados de plantas, definidos como compostos metabólitos secundários,
sendo um importante mecanismo de defesa das plantas. O uso e a aplicação dos óleos essenciais
em sua forma pura apresentam algumas limitações, como sua volatilidade, alta reatividade e
hidrofobicidade, dificultando sua incorporação direta em alimentos. Visando manter suas
propriedades biológicas e diminuir o impacto de sua aplicação nos alimentos, os óleos essenciais
de \cravo (Syzygium aromaticum L.) foram incorporados à goma do cajueiro (Anacardium
occidentale L.) formando nanoemulsões encapsulados. Foi feita a produção e caracterização das
nanoemulsões com óleo essencial de cravo (OEC), a partir da mistura entre fase aquosa e

orgânica, constituída pelo OEC e um surfactante Tween 80 e a goma do cajueiro (GC) como
polímero. Após a caracterização, foi feita a comparação entre diferentes concentrações da GC
0,5% e 1% OEC 0,5%, 1% e Tween 80 0,5% e 1%. Posteriormente foi feito atividades
antioxidantes pelo método ABTS e DPPH e antimicrobianas com bactérias Gram-positivas e
Gram-negativas. Conclui-se que a nanoemulsão do OEC pode ser promissora na aplicação do
camarão vannamei diminuindo a atividade oxidativa e a ação de microrganismos e
consequentemente aumentando o tempo de prateleira.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 995.992.603-68 - ALYNE RODRIGUES DE ARAUJO - UFPI
Externo à Instituição - ANTÔNIA CARLA DE JESUS OLIVEIRA - UFPI
Presidente - 1718303 - DURCILENE ALVES DA SILVA
Notícia cadastrada em: 29/06/2022 08:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 14/08/2022 23:50