Notícias

Banca de DEFESA: PABLO NUNES COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PABLO NUNES COSTA
DATA: 25/07/2014
HORA: 08:00
LOCAL: Sala de Aula da Pós-graduação do Campus de Parnaíba
TÍTULO:

Frequência do SNP-336 A/G da Região Promotora do Gene CD209 em uma População do Nordeste do Brasil


PALAVRAS-CHAVES:

DC-SIGN; gene CD209; SNP-336A/G; Estado do Piauí.


PÁGINAS: 24
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O advento e aprimoramento das pesquisas moleculares proporcionaram o desenvolvimento da medicina personalizada. Através do desenvolvimento das bases moleculares para efetivação desse ramo. A partir daí, muitos genes foram extensivamente estudados, dentre esses, o gene DC-SIGN (CD209), o qual tem como produto gênico uma proteína que atua como receptor específico de células dendríticas, e que atua como receptor de reconhecimento de patógenos (RRP), reconhecendo componentes estruturais indispensáveis para a sobrevivência dos patógenos.  As células dendríticas são a principal defesa ante a entrada de patógenos, entretanto, mecanismos de escape dos microorganismos tentam burlar essa ação. Além disso, alguns indivíduos que apresentam polimorfismos no gene que comprometem essa ação. O gene CD209 apresenta um polimorfismo na sua região promotora na posição -336 A/G, a qual promove uma maior expressão do receptor, isso devido a promover a maior interação a nível molecular com outros agentes que o tornam mais susceptível a ser transcrito com maior freqüência e isso acarreta em mais receptores. Dentre esses patógenos se ligar e burlar o sistema imune, polimorfismos nós nos detemos a estudar o polimorfismo -336A/G desse gene, pois, se trata da alteração de maior relevância clínica até o momento, sendo que em nosso estudo foi estimada a prevalência desse polimorfismo em uma população de idosos da cidade de Parnaíba-PI. Nós estimamos a prevalência dessa variante genética através da técnica de reação em cadeia da polimerase – polimorfismo por tamanho do fragmento de restrição (PCR-RFLP), com subsequente eletroforese em gel de poliacrilamida a 8%, corado com nitrato de prata. Este estudo populacional esta em equilíbrio de Hardy-Weinberg para o lócus analisado. Dos alelos analisados foi encontrada uma freqüência de 20,2% para o alelo G. Isso mostra que a freqüência encontrada não diferiu significativamente da encontrada em populações  europeias, do norte da África, assim como de estudos na população Australiana. Diante dos dados apresentados neste artigo, constatamos a necessidade de estudos de associação genética com objetivo de investigar a relação entre o SNP -336A/G do gene CD209 e doenças infecciosas comuns na população do estado do Piauí.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1900252 - BALDOMERO ANTONIO KATO DA SILVA
Interno - 1553556 - FABIO JOSE NASCIMENTO MOTTA
Presidente - 1772764 - GUSTAVO PORTELA FERREIRA
Notícia cadastrada em: 21/07/2014 16:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 30/11/2022 20:27