Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ WEVERTON LIMA DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ WEVERTON LIMA DE SOUSA
DATA: 26/02/2024
HORA: 14:00
LOCAL: Sala remota no Google Meet
TÍTULO: Um sítio na margem da estrada e um esboço do contexto arqueológico regional de Piripiri
PALAVRAS-CHAVES: Cultura Material. Análise tecnológica. Abordagem histórica. Entrada do Caminho da Caiçara. Sítio de baixa visibilidade. Contexto arqueológico de Piripiri.
PÁGINAS: 250
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Arqueologia
RESUMO:

O município de Piripiri localiza-se no norte do Piauí, Nordeste do Brasil, tendo um considerável acervo de sítios arqueológicos, majoritariamente de arte rupestre. O objetivo principal deste trabalho é contribuir para o conhecimento mais aprofundado sobre o contexto arqueológico regional da área que atualmente corresponde ao citado município, a partir da investigação do sítio Entrada do Caminho da Caiçara, único da região cujos vestígios arqueológicos não estão diretamente ligados à arte rupestre, tendo sido os materiais encontrados em uma planície, a céu aberto. Os vestígios estudados consistem essencialmente de fragmentos de cerâmicas, de vidros e de louças. Como arcabouço teórico para sustentar a discussão dos dados, são usadas abordagens próprias da Arqueologia Histórica, no tocante a sítios de baixa visibilidade, da Antropologia da Tecnologia, assim como da Teoria do Design. A estratégia metodológica adotada abrange, entre outras etapas, a análise tecnológica da cultura material (cerâmicas e vidros), a análise químico-mineralógica de amostras representativas das cerâmicas, a obtenção de idade radiocarbônica para uma amostra de cerâmica e uma de carvão, bem como a busca de informações em fontes bibliográficas sobre a etnohistória regional e sobre a história local. O conjunto de evidências obtidas da análise do sítio investigado, com destaque para os dados obtidos a partir dos vestígios cerâmicos, possibilita apontá-lo como um sítio histórico de habitação, com baixa incidência de material, enquadrando-se como um sítio de baixa visibilidade. Os remanescentes cerâmicos são oriundos de pelo menos quatorze vasilhas e um cachimbo. Trata-se essencialmente de utensílios usados na preparação de alimentos, para armazenamento e para servir, além do cachimbo usado para fumar. Os vestígios de vidro são uma intrusão de material recente. A análise química de amostras representativas das cerâmicas indicou a ocorrência de cinco tipos diferenciados de pastas. A identificação de fases minerais diagnósticas nessas amostras cerâmicas possibilitou inferir que uma peça foi queimada em temperatura inferior a 500 °C e que as demais foram queimadas entre 550 e 950 °C. O contexto arqueológico de Piripiri atualmente está configurado pela ocorrência de vinte e nove sítios pré-coloniais e três sítios históricos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1656914 - LUIS CARLOS DUARTE CAVALCANTE
Interno - 2232128 - ANGELO ALVES CORREA
Interno - 423455 - SONIA MARIA CAMPELO MAGALHAES
Interno - 1106129 - VINICIUS MELQUIADES DOS SANTOS
Externo à Instituição - ARKLEY MARQUES BANDEIRA - UFMA
Notícia cadastrada em: 08/02/2024 21:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 24/04/2024 09:32