Últimas Notícias
Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCAS EMANNUEL SAMPAIO SOUSA
Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCAS EMANNUEL SAMPAIO SOUSA
DATA: 24/05/2024
HORA: 15:00
LOCAL: Ambiente online
TÍTULO: No caminho dos mortos só escapam os santos: análises de túmulos sacralizados no Estado do Piauí
PALAVRAS-CHAVES: Santos populares. Estruturas funerárias. Espaços sagrados. Sacralidade
PÁGINAS: 56
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Arqueologia
SUBÁREA: Arqueologia Histórica
RESUMO:

O Estado do Piauí possui manifestações religiosas distintas dentro do Catolicismo Popular. Um exemplo desse tipo de manifestação diz respeito aos ditos “santos de cemitério”, indivíduos alçados a santidade e de importância histórica dentro das comunidades levadas aos seus túmulos para veneração e que representam religiosamente um processo devocional que age contra a “institucionalização da fé”, manifestando na margem dos processos burocráticos da Igreja, uma independência que traz à tona a importância dos trajetos e dos elementos culturais de grupos que quase sempre passaram invisibilizados. Logo, dentro das diversas questões pertinentes que podem ser pontuadas a respeito dos estudos sobre túmulos ou outras estruturas funerárias, analisar a ressignificação destes, no Estado do Piauí, proporciona não somente o discernimento sobre o funcionamento dos imaginários sociais, mas permite enxergar a influência das santidades criadas pelo povo e que nos mostra como a memória transforma seu contexto social e religioso. Neste trabalho, o objetivo principal é analisar quatro exemplos de estruturas funerárias relacionadas aos santos populares: Finada Alda (Barras-PI), Motorista Gregório (Teresina-PI), Lucinha (Campo Maior-PI) e Tia “Cova da Tia” (Bonfim do Piauí-PI). A análise consistirá em relacionar os elementos estruturais, espaciais e simbólicos de cada túmulo diante do processo histórico que envolve cada um dos casos, com o intuito de entender como eles passaram de espaços de sepultamento a espaços religiosos, em que performances de sacralização e peregrinação acontecem, e como isso possibilitou enxergar um panorama desse fenômeno no Estado. Como arcabouço teórico para sustentar a discussão desta pesquisa são usadas abordagens da Arqueologia das Práticas Funerárias, da Arqueologia Histórica com enfoque em cemitérios históricos e da Arqueologia dos Espaços Sagrados. Os procedimentos metodológicos adotados consistem, do levantamento bibliográfico, identificação, localização e quantificação de indivíduos sacralizados, definição de amostragem adequada ao estudo, elaboração e preenchimento de ficha descritiva e a realização de uma coleta de informações in situ nas localidades investigadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3038714 - CLAUDIA MINERVINA SOUZA CUNHA
Interno - 1222853 - FERNANDA CODEVILLA SOARES
Interno - 2153338 - MARIA DO AMPARO ALVES DE CARVALHO
Interno - 423455 - SONIA MARIA CAMPELO MAGALHAES
Externo à Instituição - MARCOS ANDRE TORRES DE SOUZA - UFRJ
Externo à Instituição - TIAGO PEDRO FERREIRA TOMÉ - UFMG

Cadastrada em: 15/05/2024
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 06/03/2024 - 08/03/2024 · Matrícula para o período 2024.1.
  • 18/03/2024 · Início do período letivo 2024.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 22/05/2024 15:19