Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ JÚLIO GOMES NETO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ JÚLIO GOMES NETO
DATA: 09/06/2022
HORA: 15:00
LOCAL: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI
TÍTULO: O PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTO: CONTRIBUIÇÃO PARA A IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE CRIAÇÃO DE GALINHAS CAIPIRAS (PROJETO TC AVEMELHOR) DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO (IFMA)
PALAVRAS-CHAVES: Agricultura familiar; Avicultura; Diagnóstico; Capacitação.
PÁGINAS: 174
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
RESUMO:

Os entraves nos processos de Transferência de Conhecimento (TC) entre as
Instituições de Educação, Ciência e Tecnologia (IECTs) e os segmentos produtivos
têm sido um recorrente tema de estudo, uma vez que as instituições e atores
envolvidos podem se beneficiar mutuamente da apropriação do conhecimento a
partir de uma produção científica e/ou tecnológica. Nessa perspectiva, o presente
estudo foi norteado pelo seguinte objetivo geral: analisar a experiência de
transferência de conhecimento de uma instituição de Educação, Ciência e
Tecnologia (IECT), no caso do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), na criação de
galinhas caipiras, a partir da implementação do projeto financiado TC Avemelhor na
comunidade “Barra do Saco”, no âmbito de suas duas primeiras etapas. A
fundamentação teórica da pesquisa apoiou-se em concepções acerca da gestão e
da transferência de conhecimento, elucidando aspectos da agricultura familiar e a
avicultura. Metodologicamente, tratou-se de uma pesquisa qualitativa descritiva,
fazendo uso de análise documental, observação participante, realização de
entrevistas e das técnicas de análise de conteúdo. Os resultados demonstraram que
as instituições partícipes do processo de TC possuem organização administrativa
apropriada, mas se mostram relativamente desprovidas de estrutura de
equipamentos e de recursos humanos capacitados para implementação efetiva de
ações dessa natureza. Percebeu-se a necessidade da realização de diagnóstico
prévio em relação às dimensões sociais, ambientais e econômicas dos atores que
foram beneficiados com a intervenção no âmbito da agricultura familiar, para que se
pudesse promover capacitações específicas como forma de mitigação dos entraves
detectados relacionados a estas dimensões. De tal forma, que este estudo também
proporcionou a realização de uma oficina sobre TC para agricultores familiares e
uma cartilha didática sobre a criação de galinhas caipiras, além de uma matriz
SWOT e de um CANVAS. Sendo assim, esperando como perspectivas futuras, a
continuidade do acompanhamento do projeto TC Avemelhor e o aprofundamento em
estudo sobre experiências que potencializem a construção de um cenário mais
promissor para a agricultura familiar no Brasil


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 470.242.163-87 - ELICIANA SELVINA FERREIRA MENDES VIEIRA - UFPI
Interno - 434.977.053-49 - HELANO DIOGENES PINHEIRO - UESPI
Externo à Instituição - MARCIA HELENA NIZA RAMALHO SOBRAL - IFCE
Externo à Instituição - MARCOS JACOB DE OLIVEIRA ALMEIDA - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 06/06/2022 10:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 02/10/2022 20:09