Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LARA KELLY RIBEIRO DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARA KELLY RIBEIRO DA SILVA
DATA: 13/03/2019
HORA: 14:30
LOCAL: Anfiteatro do CCN - UESPI
TÍTULO: Propriedades estruturais, ópticas, morfológicas e bactericida de micro e nanocristais α-Ag2WO4 preparados pelo método sonoquímico com diferentes ácidos orgânicos
PALAVRAS-CHAVES: α–Ag2WO4, agente quelante, bactericida
PÁGINAS: 20
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Química do Estado Condensado
RESUMO:

Na síntese dos cristais de Ag2WO­4 pelo método sonoquímico são obtidos cristais na ordem micrométrica (tamanho), que podem ser utilizados em atividade fotocatalítica, fotoluminescente e antibacteriana. Este trabalho objetivou diminuir o tamanho do cristal de α–Ag2WO4 com a adição de diferentes ácidos orgânicos como agentes quelantes e estabilizadores para investigar o comportamento óptico, morfológico e as propriedades estruturais dos cristais de α–Ag2WO4. A estrutura destes micros e nanocristais foram caracterizados por meio de difração de raios-X (DRX), espectroscopia de fotoelétrons excitados por raios X (XPS), refinamento pelo método de Rietveld e espectroscopia Raman. A microscopia eletrônica de varredura (MEV) foi utilizada para observar a forma e monitorar o processo de crescimento dos cristais de α–Ag2WO4. As propriedades ópticas foi investigada por espectroscopia de reflectância difusa na região do ultravioleta-visível (UV-vis). A atividade bactericida para a inativação e destruição da bactéria (Bacillus subtilis) foi testada para todos os cristais. Os padrões de DRX e refinamento Rietveld confirmaram que os cristais de α–Ag2WO4 são monofásicos com uma estrutura ortorrômbica e grupo espacial (Pn2n). A caracterização vibracional por espectroscopia RAMAN evidenciou os principais modos ativos para a fase α do cristal de Ag2WO4. Os valores de banda de gap óptico apresentaram uma tendência para diminuição do valor com a adição do agente quelante. As imagens de MEV sugerem que os cristais de α–Ag2WO4 diminuem de tamanho ao serem sintetizados com o agente quelante. Além disso, os micros e nanocristais obtidos foram ativos para a inativação e destruição bactéria Bacillus subtilis.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 756.483.183-91 - GERALDO EDUARDO DA LUZ JUNIOR - UESPI
Interno - 2363808 - EDMILSON MIRANDA DE MOURA
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Externo ao Programa - 840.043.633-49 - LAÉCIO SANTOS CAVALCANTE - UESPI
Notícia cadastrada em: 19/03/2019 10:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 22/06/2024 22:20