Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: PEDRO VITOR OLIVEIRA SILVA FURTADO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PEDRO VITOR OLIVEIRA SILVA FURTADO
DATA: 05/10/2023
HORA: 09:00
LOCAL: Híbrido: Auditório da Pós-Graduação em Química e google meet
TÍTULO: Avaliação de atividades biológicas e síntese de complexos de inclusão a partir de óleo essencial de Origanum Vulgare e Syzygium aromaticum e ciclodextrinas
PALAVRAS-CHAVES: Origanum Vulgare, Syzygium aromaticum, β-ciclodextrina, Complexo de inclusão, Óleos essenciais.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Orgânica
ESPECIALIDADE: Química dos Produtos Naturais
RESUMO:

Dentre as plantas com propriedades terapêuticas o orégano, Origanum Vulgare (OV), e o cravo, Syzygium aromaticum (SA), são exemplares das famílias de maior destaque da flora brasileira Lamiaceae e myrtaceae, sendo fonte de estudos na área e incentivando o isolamento de seus constituintes, os óleos essenciais (OEs) concentram boa parcela de compostos aromáticos e das propriedades médicas de cada vegetal, no entanto existem fatores que limitam seu uso como potenciais fármacos: instabilidade térmica e insolubilidade em água. Com o surgimento de novas técnicas de formulações farmacêuticas a complexação de constituintes usando as ciclodextrinas (CDs), demonstrou-se com uma alternativa fácil e econômica para contornar as limitações dos OEs. Dessa forma, o presente trabalho tem como ementa a complexação de óleos essenciais com a β-ciclodextrina visando ampliar a biodisponibilidade e estabilidade deles além de avaliar suas atividades biológicas como sugestão de novos medicamentos. Os óleos essenciais foram extraídos por hidrodestilação e analisados por CG-EM, o OESA demonstrou como constituinte majoritário o eugenol (86,80%), enquanto o OEOV demonstrou como constituintes majoritários terpinen-4-ol (41,23 %), γ-terpineno (14,37%), timol (9,04 %), α-terpineno (8,63%), α-terpineno (7,53%), o complexo de inclusão (CI) foi caracterizado utilizando a análises termogravimétricas, calorimetria exploratória diferencial, e varredura no espectro de infravermelho indicando a formação do CI, com o asseguramento da complexação testou-se a atividade farmacológicas do OEs (atividade anticolinérgica, atividade larvicida, e toxicidade) com e sem o complexo demonstrando que a complexação não compromete sua eficiência.

                              


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551616 - CHISTIANE MENDES FEITOSA
Interno - 778.751.253-91 - FRANCISCO DAS CHAGAS ALVES LIMA - UESPI
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Externo à Instituição - EDIGENIA CAVALCANTE DA CRUZ ARAUJO - UNIVASF
Notícia cadastrada em: 06/09/2023 11:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 17/06/2024 21:41