Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANNA THAISE BANDEIRA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANNA THAISE BANDEIRA SILVA
DATA: 17/12/2014
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Química
TÍTULO:

Nanocubos do análogo de azul da Prússia de cobalto modificados por nanopartículas ferromagnéticas


PALAVRAS-CHAVES:

análogo de azul da Prússia de cobalto, nanopartículas ferromagnéticas, supramolecular.


PÁGINAS: 19
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
ESPECIALIDADE: Campos de Coordenação
RESUMO:

Com base no complexo do análogo de azul da Prússia de cobalto e nanopartículas ferromagnéticas, um novo nanomaterial, Co3[Co(CN)6]2-Fe3O4, foi desenvolvido. A preparação envolveu a auto-montagem de nanopartículas Fe3O4 sobre a superfície do Co3[Co(CN)6]2 pelo método de co-precipitação. O espectro electrônico da dispersão coloidal do Co3[Co(CN)6]2-Fe3O4 não exibiu o ombro do complexo do análogo, apenas aumento da linha de base ocasionada pela formação de nanopartículas devido a dispersão da luz de acordo com a teoria de Mie. A formação do sistema nanoestruturado também foi evidenciada pelo efeito Tyndall. De acordo com os resultados de microscopia eletrônica de transmissão, o nanomaterial, Co3[Co(CN)6]2-Fe3O4, exibiu uma estrutura organizacional polidispersa formada a partir de nanocubos do Co3[Co(CN)6]2 decorados por nanopartículas ferromagnéticas esféricas com tamanho inferior a 20 nm. Interessante notar que o contato íntimo em nível supamolecular entre nanocubos com a formação de agregados foi evitado pelas Fe3O4 NPs. O espectro de FTIR do sistema Co3[Co(CN)6]2-Fe3O4 mostrou os principais estiramentos (Fe-O, CN e Co-CN) observados nos espectros dos materiais isolados, Fe3O4 e Co3[Co(CN)6]2. O voltamograma cíclico do material desenvolvido em eletrólito NaCl 0,1 mol L-1 apresentou um processo redox bem definido com valor de E1/2 = 0,46 V (vs ECS) atribuído a conversão de Co2+/Co3+. Além disso, observou-se um aumento da corrente faradaica para o voltamograma do Co3[Co(CN)6]2-Fe3O4 quando comparado ao Co3[Co(CN)6]2 isolado, provavelmente ocasionado pela interação supramolecular de transferência de carga entre o complexo do análogo de azul da Prússia de cobalto e nanopartículas ferromagnéticas. Acreditamos que nanomaterial híbrido desenolvido pode melhorar a separação e remoção de metais tóxicos sendo de interesse para área de adsorção.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1508806 - WELTER CANTANHEDE DA SILVA
Interno - 756.483.183-91 - GERALDO EDUARDO DA LUZ JUNIOR - UESPI
Interno - 1714171 - JANILDO LOPES MAGALHAES
Notícia cadastrada em: 13/01/2015 15:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 24/06/2024 09:21