Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FLAVIA FRANCELI DE BRITO PASSOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FLAVIA FRANCELI DE BRITO PASSOS
DATA: 14/07/2015
HORA: 14:30
LOCAL: Núcleo de Pesquisa em Plantas Medicinais( NPPM - bloco 15)
TÍTULO:

Avaliação do efeito antinociceptivo do gama terpineno em modelos animais de dor aguda, inflamatória e neuropática


PALAVRAS-CHAVES:

dor aguda, dor inflamatória, dor neuropática, monoterpeno, gama terpineno.


PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Biomedicina
RESUMO:

O gama terpineno (1-metil-4-isopropil ciclohexadieno 1,4) (γ-TPN) é um monoterpeno de cadeia cíclica, presente em diversas espécies de plantas aromáticas farmacologicamente ativas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito antinociceptivo do γ-TPN em modelos de dor aguda, inflamatória e neuropática em roedores, bem como os possíveis mecanismos de ação envolvidos nos efeitos observados. Para isto, uma prospecção científica e tecnológica foi realizada e revelou uma reduzida variedade de aplicações farmacológicas. Dessa forma, a prospecção demonstrou que é necessário explorar esse monoterpeno tanto na área científica quanto tecnológica, visto que o número de patentes e publicações é muito pequeno. No teste de toxicidade aguda, os animais tratados com γ-TPN não apresentaram sinais de toxicidade aguda até a dose de 2 g/kg, por via oral. Na dor aguda, o monoterpeno nas doses de 1,562 a 50 mg/kg, por via oral, mostrou efeito antinociceptivo no teste de formalina, capsaicina e glutamato. γ-TPN possui ação antinociceptiva quando administrado por outras vias no teste de glutamato. Nos testes de rota rod e campo aberto, o γ-TPN não mostrou atividade relaxante muscular ou efeito depressor central. A antinocicepção do γ-TPN foi inibida na presença de naloxona, glibenclamida, atropina e mecamilamina, sugerindo o envolvimento dos sistemas colinérgico e opióide nesse efeito. Na dor inflamatória, o γ-TPN (50, 100 e 200 mg/kg, por via oral) teve efeito antialodínico em modelos de hipernocicepção aguda induzida por carragenina e PGE2. Na hipernocicepção aguda induzida por Adjuvante Completo de Freund, o γ-TPN (50, 100 e 200 mg/kg, por via oral) ou (200 mg/kg, via transdérmica) foi efetivo. O tratamento crônico com esse monoterpeno reduziu significativamente a hipersensibilidade mecânica induzida pelo adjuvante. A estratégia de multidoses não causou tolerância. A antinocicepção do γ-TPN foi inibida na presença de naloxona, sugerindo o envolvimento do sistema opióide no efeito anti-hipernociceptivo observado na dor inflamatória induzida por PGE2. O γ-TPN (100 mg/kg, por via oral) não mudou significativamente o limiar da resposta basal dos animais, mostrando que esse monoterpeno não tem ação no SNC. Na dor neuropática induzida por ligadura parcial do nervo ciático, o tratamento agudo com o γ-TPN (100 e 200 mg/kg, via oral) foi efetivo. O tratamento prolongado com o γ-TPN (100 e 200 mg/kg, via oral) reduziu significativamente a hipersensibilidade na alodinia mecânica e na hiperalgesia mecânica e térmica. Dessa maneira, este monoterpeno apresentou efeito antinociceptivo na dor aguda, inflamatória e neuropática, com possível envolvimento dos sistemas opióide e colinérgico; e testes preliminares mostraram que possui potencial para o desenvolvimento de formulações transdérmicas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 423174 - AMILTON PAULO RAPOSO COSTA
Interno - 130.036.743-15 - ANA AMELIA DE CARVALHO MELO CAVALCANTE - UFPI
Presidente - 423551 - RITA DE CASSIA MENESES OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 08/07/2015 14:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 06/10/2022 01:26