Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALESSE RIBEIRO DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALESSE RIBEIRO DOS SANTOS
DATA: 15/06/2012
HORA: 10:00
LOCAL: AUDITÓRIO DE VIDEOCONFERÊNCIA DA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX/UFPI
TÍTULO:

Estudo dos efeitos do tamoxifeno na espessura epitelial e nas quinases reguladas por sinais extracelulares 1 e 2 na uretra de ratas castradas


PALAVRAS-CHAVES:

Epitélio; ERKs; Morfometria; Proteínas Quinases; Ratas; Tamoxifeno; Uretrais


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

Há uma importante associação de distúrbios urinários e câncer de mama em mulheres na pós-menopausa. O tratamento endócrino de escolha para o carcinoma de mama nestas mulheres é o tamoxifeno, que consoante alguns estudos também poderia melhorar as queixas urinárias por atuar nos tecidos uretrais. Objetivos: Avaliar os efeitos do tamoxifeno na espessura epitelial e na ativação dasquinases reguladas por sinais extracelulares (ERKs) 1 e 2 na uretra de ratas castradas.Material e Métodos: Este estudo envolveu 52ratas castradas Wistar Hannover que foram divididas aleatoriamente em grupos controles, I (n=20) e II (n=6), e grupos experimentais, III (n=20) e IV (n=6). Os animais controles receberam apenas veículo (0,5 ml de propilenoglicol) enquanto os animais experimentaisreceberam 250 µg de tamoxifenodiluídos em 0,5 ml de propilenoglicol diariamente por gavagem durante 28-30 dias.No 31º dia, após o tratamento, os animais dos gruposcontrole I e experimental IIIforam sacrificados para remoção das uretras, que foram divididas em segmentos proximais e distais e fixadas em formoltamponado a 10% para estudo histológico da espessura epitelial. No 29º dia, após o tratamento, os animais dos grupos controle II e experimental IV foram sacrificados e as uretras removidas para extração de proteínas e análise por Western blot com anticorpos específicos para fosfo-ERK1 e 2. Os dados foram analisados pelo teste t de Student (p<0,05).Resultados: A espessura epitelial média da uretra distal dos animais nos grupos controle I e experimental III foi 36,6 ± 1,5 µm e 42,8 ± 2,0 µm (p<0,001), enquanto que da uretra proximal foi 40,4 ± 2,0 µm e 42,1 ± 1,6 µm(p=0,514), respectivamente. Houve aumento de 146,7% nos níveis médios de fosfo-ERK1 e 15,2% nos níveis médios de fosfo-ERK2no grupo experimental IV comparado ao grupo controle II (p<0,01 ep=0,313, respectivamente).Conclusões: Os presentes resultados indicam que, na dose e no tempo de tratamento usados, o tamoxifeno aumentou significativamente a espessura do epitélio distal e os níveis de fosfo-ERK1 na uretra de ratas castradas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 422496 - JOSE ARIMATEIA DANTAS LOPES
Interno - 423490 - NADIR DO NASCIMENTO NOGUEIRA
Externo ao Programa - 3373256 - PEDRO VITOR LOPES COSTA
Notícia cadastrada em: 16/05/2012 15:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 06/10/2022 01:08