Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANTONIO LUIZ GOMES JÚNIOR

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANTONIO LUIZ GOMES JÚNIOR
DATA: 19/03/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Curso de Farmacia
TÍTULO: Efeito farmacológico e toxicogenético do ácido anacárdico em modelos murinos e em S. cerevisiae: pespectiva para formulações farmacêuticas
PALAVRAS-CHAVES: Ácido anacárdico; Ansiolítico, Antidepressivo; Anti-inflamatório, Antinociceptivo; Antioxidante.
PÁGINAS: 240
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Os distúrbios neuropsiquiátricos afetam uma grande quantidade da população mundial. A busca por moléculas naturais com atividades antioxidantes é o foco das pesquisas atuais. O estudo avaliou o potencial farmacológico e toxicogenético do ácido anacárdico frente a ansiedade, depressão, convulsão, inflamação e dor em modelos comportamentais murinos. Camundongos Swiss machos (n=8/grupo- 25-30 g) foram tratados por via intraperitoneal com ácido anacárdico nas doses de 10, 25 e 50 mg.kg-1 para: (1) ansiedade (rota rod, campo aberto, labirinto em cruz elevado e de esconder esferas); (2) depressão (suspensão da cauda, nado forçado e campo aberto); (3) nflamação (edemas por carragenina; e em 25 mg.kg-1 por prostaglandina E2, dextrano, histamina e composto 48/80) e antinociceptiva (testes de formalina, de contorções abdominais e de placa quente); e (4) convulsivantes (pentilenotetrazol, pilocarpina, eletrochoque e ácido caínico (nas doses de 10, 25, 50 e 100 mg.kg-1 ). Estudos de possíveis mecanismos de ação foram feitos para os sistemas GABAérgico, serotoninérgico, noroadrenérgicos e antagonista dos receptores opioideo, bem como em estudos oxidantes/antioxidantes de peroxidação lipídica, glutationa reduzida, catalase, e em Saccharomyces cerevisiae mutadas em defesas antioxidantes. Foram feitos estudos toxicogenéticos para dose efetiva 50%, dose tóxica 50%, índice de proteção e de danos ao DNA (ensaio cometa versão alcalina). O ácido anacárdico, nas doses testadas, não induziu alterações no tempo de permanência e nem locomotoras comparadas com o grupo veículo. Significantes atividades ansiolíticas nas análises do tempo gasto nos braços abertos, distância percorrida nos braços e número de entradas nos braços abertos, quando comparadas ao veículo, por mecanismos associados ao sistema GABAérgico e ações antioxidantes, sem efeitos genotóxicos em hipocampo e córtex cerebral. O ácido anacárdico não apresentou toxicidade e teve ação antidepressiva por inibição dos receptores de recaptação de serotonina e 5HT-1A, mas não interage nos receptores α-adrenoceptores e β-adrenoceptores; bem como pela inibição da enzima óxido nítrico sintetase e guanilil ciclase, e ações antioxidantes em S. cerevisiae. Apresentou efeitos anticonvulsivantes por mecanismos de inibição de Na+, GABAérgicos e como antioxidante (inibição de peroxidação lipídica, pelo índice de proteção e efeitos antioxidantes em S. cerevisiae) e teve ação antinociceptiva. Nos edemas induzidos por prostaglandina, dextrano, histamina e composto 48/80, o ácido anacárdico em 25 mg.kg-1 reduziu edema e migração leucocitária e neutrolífica para a cavidade intraperitoneal, bem como diminuiu atividade da mieloperoxidase, concentração de malondialdeído, aumento dos níveis de glutationa reduzida, lambidas, contorções abdominais e tempo de latência ao estímulo térmico, por possíveis mecanismos associados aos receptores opióides. O ácido anacárdico é uma molécula antioxidante promissora para formulações neurofarmacológicas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2617696 - ALDEIDIA PEREIRA DE OLIVEIRA
Externo ao Programa - 1731057 - JOAO MARCELO DE CASTRO E SOUSA
Externo ao Programa - 3302639 - LUCIANO DA SILVA LOPES
Notícia cadastrada em: 26/02/2018 14:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 05:18