• O sistema entrará em processo de atualização de funcionalidades às 13:30. Pedimos a todos que salvem seus trabalhos para que não haja transtornos.
    Agradecemos a compreensão, em 15 minutos o sistema estará de volta.
Notícias

Banca de DEFESA: LUAN KELVES MIRANDA DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUAN KELVES MIRANDA DE SOUZA
DATA: 21/12/2020
HORA: 16:00
LOCAL: Plataforma Zoom
TÍTULO: POTENCIAL TERAPÊUTICO ANTIDIARREICO DO ACETURATO DE DIMINAZENO, UM ATIVADOR DA ENZIMA CONVERSORA DE ANGIONTENSIONA II, EM CAMUNDONGOS: PAPEL DA VIA ANG-(1- 7)/RECEPTOR MAS
PALAVRAS-CHAVES: Angiotensina, Distúrbios Gastrointestinais, Diarreia, Ang-(1-7), Inflamação, Cólera.
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Biomedicina
RESUMO:

O Sistema Renina-Angiotensina (RAS) é um sistema hormonal complexo que está diretamente associado a regulação fisiológica da pressão arterial sistêmica, bem como no equilíbrio hidroeletrolítico. A via da Enzima Conversora de Angiotensina II (ECA II), presente no sistema RAS, foi relacionada recentemente a vários efeitos benéficos no organismo. Esse eixo pode desenvolver funções ao longo de múltiplos tecidos e órgãos, incluindo a parte endotelial, os sistemas renal, cardíaco, reprodutor, tegumentar, nervoso e digestório. Além disso, A ECA II é responsável por converter a Angiotensina II (Ang II) em um peptídeo ativo denominado de Angiotensina 1-7 (Ang (1-7)) que por sua vez se liga a um receptor acoplado a proteína G, o receptor MAS. Comprovações científicas recentes demonstram que o Aceturato de Diminazeno (DIME), um tripanossomicida utilizado em animais, foi descrito como um potente ativador da ECA II. Tais achados sugerem que novos alvos farmacológicos possam surgir a partir da utilização desse metabólito ativo, o Ang-(1-7), principalmente a nível gastrointestinal, podendo auxiliar na resolução de determinadas doenças, tais como a diarreia. Com isso, o referido trabalho possui como objetivo avaliar o potencial terapêutico antidiarreico mediado pela ativação da via da ECA II/ Ang-(1-7)/MasR em camundongos. Para isso foram utilizadas metodologias de indução de processos diarreicos utilizando produtos laxativos, como o óleo de rícino, mediadores próinflamatórios como a Prostaglandina E2 (PGE2) e toxinas bacterinas, como a toxina do Vibrio cholerae. Foram testadas as doses de 7, 20 e 60 mg/kg de DIME (via oral), sendo a dose de 20 mg/kg considerada a dose mais eficaz para a realização dos demais testes. Foi comprovada a ação antidiarreica, por meio da ativação da via em estudo, na diminuição da diarreia induzida por óleo de rícino, na diminuição do número total de fezes líquidas, na redução do acúmulo de liquido intestinal (enteropooling), bem como na resistência elétrica transepitelial e permeabilidade epitelial; diminuição nos níveis de citocinas pró-inflamatórios e elevação dos níveis de citocinas próinflamatórias, diminuição da diarreia estimulada pela administração de PGE2, maior ativação e atuação da bomba de sódio e potássio, redução do trânsito gastrointestinal (evidenciando a não participação da via opioide); promoveu efeito relaxante em preparações de músculo liso. Além disso, a administração de DIME promoveu a diminuição do processo diarreico promovido pela toxina da cólera (looping em alças intestinais), bem como minimizou a liberação de íons cloreto para o lúmen intestinal. Ademais, a ativação do eixo em questão ainda foi capaz de diminuir a interação da toxina da cólera com o receptor gangliosídeo GM1 em ensaios imunoenzimáticos. Os resultados antidiarreicos promovidos pela ativação da via ECAII/Ang-(1-7)/MasR foram revertidos quando os animais foram pré-tratados com o antagonista do receptor Mas, o A-779 (5 mg/kg, via intraperitoneal). Todos os resultados apresentaram significância estatística (p<0,05), no qual foram utilizados testes paramétricos e não paramétricos para as devidas avaliações (Newman-Keuls, Tukey, Krusa-Wallis, Dunn, todos os testes foram realizados no programa graphpad prism ® 5-6). Mediante o exposto, conclui-se que, o DIME apresentou boas propriedades antidiarreicas (nos modelos estudados), e que sua proteção se dá, dentre outros fatores, pela ativação da via ECA II/Ang-(1-7)/MasR.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Externo ao Programa - 970.114.285-34 - GILBERTO SANTOS CERQUEIRA - UFC
Presidente - 1680593 - JAND VENES ROLIM MEDEIROS
Externo ao Programa - 913.964.335-20 - JOILSON RAMOS DE JESUS - IESVAP
Externo ao Programa - 841.003.203-10 - LEIZ MARIA COSTA VERAS - UFPI
Notícia cadastrada em: 04/12/2020 12:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 30/09/2022 13:19