Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: BENEDITO PEREIRA DE SOUSA NETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BENEDITO PEREIRA DE SOUSA NETO
DATA: 21/12/2020
HORA: 14:30
LOCAL: Plataforma virtual
TÍTULO: DESENVOLVIMENTO DE NANOCARREADOR COM ÓXIDO DE LINALOL E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTI-INFLAMATÓRIA
PALAVRAS-CHAVES: Artrite. Inflamação. Monoterpeno. Oxido de linalol. Nanoemulsão.
PÁGINAS: 314
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Artrite abrange mais de 100 tipos de doenças reumáticas e compartilham sintomas típicos como dor, edema e rigidez nas articulações. A prevalência aumenta substancialmente com a idade, sendo particularmente alta entre as pessoas com mais de 40 anos. O tratamento farmacológico se baseia em reduzir a dor, o edema e a progressão da doença. Caso exista progressão da patologia e atinja estágio leve a moderado os analgésicos não são mais suficientes para aliviar a sintomatologia dolorosas, nesse caso faz-se necessário o uso de antiinflamatórios não esteroidais (AINEs), esteroidais, Coxibs e medicamentos modificadores da doença, sejam administrados por via transdérmica ou sistêmica. No entanto, esses medicamentos possuem efeitos adversos significativos, principalmente com o uso a longo prazo, esse fato aguça o anseio por novas formulações que apresentem atividade antiinflamatória para doenças articulares. Sendo assim, investigou-se a atividade antiedematogênica e anti-inflamatória do OXL nanoestruturado (F1SG) e incorporado a uma matriz gelatinosa de carbopol 940 a 0,5% (F1CG). A formulação foi preparada com Span® 80, Tween® 80, carbopol 940 e água. Na fase oleosa foi utilizado o OXL, com grau de pureza superior a 97% e água deionizada. O desenvolvimento da F1CG foi realizado pelo Laboratório de Dermocosméticos (LADERMO) da Universidade Federal do Piauí–UFPI. Após a obtenção, a mesma foi tecnicamente caracterizada e em seguida deu-se inícios aos ensaios experimentais in vivo. Inicialmente foi realizado o ensaio de toxicidade em ratas e em seguida foi avaliada a ação antiedematogênica e anti-inflamatória em modelos de edema de pata induzido por carragenina, dextrana, histamina e prostaglandina, bem como edema e incapacitação articular induzidos por zymosan (zy) e Adjuvante Completo de Freund (CFA) em ratos. O estudo demonstrou que o OXL livre apresentou atividade antiedematogênica apenas fase aguda do edema induzido por carragenina, com tempo de atividade de até 60 minutos. No entanto, o óxido de nanoestruturado (F1SG) apresentou atividade antiedematogênica mais duradora podendo chegar até 120 minutos. O nanoemulgel (F1CG) apresentou atividade antiedematogênica durante todo o tempo de avaliação. Nos modelos relacionados a artrite avaliou-se o edema, a incapacitação articular, a infiltração de leucócitos, a concentração de proteína e a expressão de mieloperoxidase (MPO). No modelo de CFA, foi analisado ainda corte histológicos e imagens radiográficas. Os resultados demonstraram que o grupo tratado com F1CG apresentou inibição significativa do edema e do tempo de elevação da pata, menor infiltração de leucócitos. As imagens radiográficas demonstraram sinais de inflamação diminuídas nos grupos tratados com F1CG. Dessa forma, a formulação desenvolvida mostra-se como um sistema nanoestruturado interessante com potencial para o tratamento de doenças inflamatórias articulares visto que a mesma apresentou atividade antiedematogênica e anti-inflamatória em diferentes modelos experimentais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2617696 - ALDEIDIA PEREIRA DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - MARIA DO SOCORRO DE SOUSA CARTÁGENES - UFMA
Externo ao Programa - 473.733.503-72 - RICARDO MARTINS RAMOS - IFPI
Notícia cadastrada em: 09/12/2020 09:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 02:55