Notícias

Banca de DEFESA: ANTONIO DE PÁDUA ROCHA NÓBREGA NETO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANTONIO DE PÁDUA ROCHA NÓBREGA NETO
DATA: 06/04/2022
HORA: 14:30
LOCAL: Plataforma virtual
TÍTULO: AVALIAÇÃO DE MARCADORES INFLAMATÓRIOS E ESTRESSE OXIDATIVO EM PULMÃO DE RATOS COM PERIODONTITE INDUZIDA POR LIGADURA BILATERAL
PALAVRAS-CHAVES: Doença periodontal; Inflamação pulmonar ; Estresse oxidativo
PÁGINAS: 94
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

A periodontite é uma doença imunoinflamatória em resposta à presença de microrganismos nos sítios periodontais. A patogênese dessa condição é multifatorial, incluindo higiene oral, colonização de sítios periodontais por espécies de bactérias gram-positivas e gram-negativas, sendo mediada por várias células do sistema imunológico. Vários estudos reúnem dados sobre seus efeitos sistêmicos, relacionando-os com complicações renais, cardiovasculares, articulares, hepáticas e pulmonares. Sua relação com as doenças pulmonares inflamatórias também ganha destaque, pois tais doenças assumem posição de destaque no campo das doenças mais comuns no ser humano atualmente, além de compartilharem perfis de fatores de risco semelhantes. Este estudo tem como objetivo investigar as possíveis alterações nos pulmões de ratos com periodontite induzida por ligadura. Os ratos machos foram divididos em três grupos (n = 10, por grupo): controle, periodontite por 20 dias e periodontite por 40 dias. Foram analisados os níveis de glutationa (GSH), malondialdeído (MDA), nitrato (NO3), nitrito (NO2) e enzima superóxido dismutase (SOD). Além disso, foram realizadas análises morfométricas das mandíbulas e avaliação histopatológica dos pulmões. Não houve diferença estatisticamente significativa nos marcadores de estresse oxidativo como: MDA, GSH, SOD, NO3 e NO2 em pulmões de ratos com periodontite induzida por ligadura quando comparados ao grupo controle. Além disso, não houve evidência de congestão, hemorragia, infiltração de neutrófilos, aumento dos mastócitos ou perda da integridade das vias aéreas na avaliação histopatológica. A histologia normal da estrutura das vias aéreas de condução (brônquios e bronquíolos) e área de trocas gasosas (bronquíolos respiratórios, ductos alveolares, sacos alveolares e alvéolos) foi observada em todos os grupos. Os ratos com periodontite induzida por ligadura até 40 dias não apresentaram alterações pulmonares significativas nas condições aqui estudadas. Sugerimos novos estudos utilizando diferentes desenhos de estudo para esclarecer a relação entre periodontite e alterações pulmonares, especialmente com o modelo de periodontite que utiliza os periodontopatógenos sendo injetados no tecido gengival, ou aumentando o número de dias de periodontite induzida por ligadura ou usando outras espécies animais e sexo do animal, devido ao dimorfismo sexual em ratos que pode existir no pulmão, à semelhança do que ocorre com o fígado.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1690196 - ANDRE LUIZ DOS REIS BARBOSA
Externo ao Programa - 1900252 - BALDOMERO ANTONIO KATO DA SILVA
Presidente - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Externo ao Programa - 913.964.335-20 - JOILSON RAMOS DE JESUS - IESVAP
Externo ao Programa - 3375434 - MANOEL DIAS DE SOUZA FILHO
Notícia cadastrada em: 14/03/2022 08:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 07:49