Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: IONARA NAYANA GOMES PASSOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IONARA NAYANA GOMES PASSOS
DATA: 14/11/2013
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Química - CCN/UFPI
TÍTULO:

Potencial tecnológico de antioxidante obtido da torta de babaçu (Orbignya speciosa) em mistura com líquido de castanha de caju (Anarcadium ocidentalle) (LCC)


PALAVRAS-CHAVES:

Antioxidantes, torta de babaçu, LCC, Eletrólise.


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
RESUMO:

Atualmente, existe uma grande preocupação na busca pelo desenvolvimento de antioxidantes naturais. Os antioxidantes são utilizados na tentativa de controlar os processos oxidativos, nos quais se usam substâncias ou mistura de substâncias químicas adicionadas em pequenas proporções a produtos industriais, objetivando o impedimento da oxidação de outras substâncias químicas conferindo melhor funcionalidade ao produto, aumento de desempenho e requisitos de qualidade. Na busca por inovações para diminuir o uso de antioxidantes sintéticos na indústria de alimentos visando minimizar o custo e os danos causados pelos antioxidantes sintéticos, vários estudos tem sido desenvolvidos. Este trabalho utilizou de subprodutos naturais agroindustriais, como a torta do babaçu e compostos fenólicos, oriundos do líquido da castanha de caju - LCC técnico, onde os quais foram misturados e submetidos à reação eletroquímica para testes antioxidantes in vitro. Através da reação eletrolítica buscou-se fazer modificações estruturais que agregassem atividade antioxidante ao resíduo do beneficiamento da amêndoa do babaçu e ao subproduto, LCC técnico, utilizando metanol como solvente. Afim de medir a eficiência da mistura torta de babaçu/LCC técnico eletrolisada (ETBL), foram feitas análises por espectroscopia na região do infravermelho, análise termogravimétrica e estudo da atividade antioxidante frente à remoção de radicais DPPH, nitrito, hidroxila e TBARS. Além disso, foi realizado o teste de toxicidade frente à Artemia salina L. O antioxidante ETBL apresentou resultados satisfatórios quato à eficiência na remoção/inibição da produção de radicais livres, quando comparado com o LCC técnico (CNSL) em todos os testes realizados, agregando assim, valor biotecnológico e econômico para a torta do babaçu.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1357378 - CARLA VERONICA RODARTE DE MOURA
Externo ao Programa - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Presidente - 1512631 - LIVIO CESAR CUNHA NUNES
Notícia cadastrada em: 07/11/2013 16:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 02/10/2022 23:54