Notícias

Banca de DEFESA: JESSICA PEREIRA COSTA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JESSICA PEREIRA COSTA
DATA: 22/07/2014
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Farmácia - CCS/UFPI
TÍTULO:

Bioprospecção do diterpenóide fitol com ênfase nas propriedades antioxidante, ansiolítica e antidepressiva


PALAVRAS-CHAVES:

Ansiolítico, Antidepressivo, Antioxidante, Diterpenóide, Fitol.


PÁGINAS: 204
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

O fitol (3,7,11,15-tetramethilhexadec-2-en-1-ol) é um diterpenóide, membro dos álcoois acíclicos insaturados de cadeia longa e ramificada. O objetivo do trabalho de tese foi desenvolver um estudo pré-clínico para avaliar a possível atividade do fitol sobre o Sistema Nervoso Central em modelos de ansiedade e depressão, além de explorar seu potencial antioxidante por meio de estudos da modulação de parâmetros relacionados ao estresse oxidativo in vitro e ex vivo. Para isso, uma prospecção científica e tecnológica foi realizada, as bases tecnológicas e científicas apresentam uma ampla gama de aplicações farmacológicas e comerciais relevantes como cosmético, hipolipidêmico, ansiolítico e antidepressivo. Esta prospecção mostrou que é necessário explorar moléculas com potencialidades farmacológicas para subsidiar a transferência de tecnologias com ênfase no crescimento econômico e industrial do nosso país. Para realização dos experimentos comportamentais foram utilizados camundongos Swiss adultos machos tratados com as doses de 25, 50 e 75 mg/kg, por via intraperitoneal. Foi investigado o possível efeito ansiolítico do fitol, bem como a avaliação do possível mecanismo de ação nos modelos comportamentais de campo aberto, labirinto em cruz elvado, rota-rod, claro-escuro, teste de esconder esferas e tempo de sono induzido por pentobarbital. No teste de campo aberto, fitol aumentou o número de cruzamentos e rearing e diminuiu o número de groomings. Da mesma forma, o número de entradas no campo aberto e o tempo de permanência no campo claro foram aumentados, enquanto o número de esferas enterradas foi diminuído, no labirinto em cruz elvado, claro-escuro e teste de esconder esferas, respectivamente. No teste de atividade locomotora, fitol não prejudicou o desempenho de camundongos no rota-rod. No teste de tempo de sono induzido por pentobarbital, fitol 75 mg/kg diminuiu a latência do sono e fitol (25, 50 e 75 mg/kg) aumentou o tempo de sono quando comparado ao grupo controle negativo. Todos estes efeitos foram revertidos pelo pré-tratamento com flumazenil, sugerindo que o fitol apresenta mecanismo de ação por meio da interação com o sistema GABAérgico. Além disso, foi realizado a investigação das propriedades antioxidantes in vitro do fitol, o composto inibiu significativamente os radicais DPPH• e ABTS•+ em todas as concentrações testadas e demonstrou ser um antioxidante promissor. Na atividade ex vivo, foram realizados os testes neuroquímicos em hipocampo de camundongos. O fitol reduziu a peroxidação lipídica e conteúdo de nitrito, sugerindo um papel antioxidante ex vivo. O composto aumentou as atividades das enzimas (superóxido dismutase e catalase) nohipocampo de camundongos em todas as doses testadas, mas não alterou sua expressão proteica. Foi realizado também, a avaliação dos possíveis efeitos antidepressivos do fitol, bem como o seu provável mecanismo de ação e o seu papel antioxidante contra o estresse oxidativo induzido pelo teste do nado forçado. O fitol em todas as doses testadasdemonstrou atividade antidepressiva, de forma dose dependente, no teste do nado forçado, além disso conseguiu reduzir os níveis de peroxidação lipídica e o conteúdo de nitrito, ambos indicadores de estresse oxidativo, em todas as áreas cerebrais. Este diterpenóde em nenhuma das doses testadas promoveu alteração na atividade da enzima superóxido dismutase e catalase nas áreas cerebrais estudadas. Por fim, foi realizado o pedido de depósito de patente submetido ao Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia, afim de subsidiar o desenvolvimento de um novo processo de obtenção e produto final de composto medicamentoso para tratamento da ansiedade e depressão.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1167629 - FERNANDA REGINA DE CASTRO ALMEIDA
Externo à Instituição - JACKSON ROBERTO GUEDES DA SILVA ALMEIDA - UNIVASF
Interno - 1167592 - MARIANA HELENA CHAVES
Interno - 423551 - RITA DE CASSIA MENESES OLIVEIRA
Presidente - 1638285 - RIVELILSON MENDES DE FREITAS
Notícia cadastrada em: 14/07/2014 14:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 06/10/2022 02:00