Notícias

Banca de DEFESA: ANTONIO FRANCISCO DA SILVA LISBOA NETO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANTONIO FRANCISCO DA SILVA LISBOA NETO
DATA: 26/08/2015
HORA: 16:00
LOCAL: Auditorio do HVU
TÍTULO:

Efeito do cruzamento racial sobre as características seminais e biometria escroto-testicular em ovinos submetidos à insulação escrotal


PALAVRAS-CHAVES:

ovinos, sêmen, testículos, termorregulação, espermatogênese 


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
RESUMO:

Objetivou-se neste trabalho, avaliar as características seminais de carneiros das raças Santa Inês e mestiços de Dorper com Santa Inês, submetidos à insulação escrotal no município de Bom Jesus – PI, acompanhando o retorno dessas medidas aos valores observados antes da insulação escrotal. O experimento foi realizado na Uiversidade Federal do Piauí, Campus profª Cinobelina Elvas entre os meses de fevereiro e junho. Foram utilizados 4 animais da raça Santa Inês e 4 mestiços, estes ficaram alojados no aprisco experimental do Campus Profª Cinobelina Elvas, e receberam uma dieta à base de capim-elefante, sendo suplementados com ração comercial para ovinos. Antes de colocar a bolsa de insulação nos animais, foram feitas duas coletas de sêmen, num intervalo de 7 dias, entre 7 e 10 horas da manhã, com o intuito de determinar a normalidade das características morfofisiológicas do sêmen. Para coleta do sêmen, inicialmente o prepúcio dos reprodutores, foram higienizados, para a remoção de impurezas (fezes, poeira, urina, etc), prejudiciais ao sêmen, realizou-se a limpeza da ampola retal para então proceder à coleta do sêmen, através do eletroejaculador. De cada ejaculado foi determinado o aspecto do sêmen (escala de 0 a 5, em que 0 indica claro ou aquoso e 5 creme grosso), volume (ml), movimento de massa  (escala de 0 a 5, em que 0 é a ausência de movimento de massa e 5 o valor Maximo dado a um acentuado movimento de massa, motilidade (%), vigor (escala de 1 a 5), concentração espermatica (nº sptz/ml), em câmara de Neubauer. Os valores médios obtidos da temperatura entre a bolsa e a pele do escroto no turno da manhã e da tarde durante os sete dias de insulação foram respectivamente 36,42±0,89 e 38,10±0,87. Com excessão do volume todas as outras caracteristicas seminais avaliadas sofreram efeitos da insulação escrotal, pois se mostraram abaixo dos valores obtidos antes da insulação. O começo do retorno dos parâmetros seminais aos valores observados antes da insulaçaõ ficaram evidentes a partir do dia 70 após a insulação. Com base nos resultados obtidos conclui-se que a insulação escrotal desencadeou um processo de degeneração testicular, por consequente diminuição da qualidade seminal, interferindo na capacidade reprodutiva dos animais. No entanto vale ressaltar que dependendo do grau de degeneração os efeitos podem ser reversíveis, uma vez que os animais começaram a retornar as características seminais observadas antes da insulação a partir do dia 70 após a mesma. Com isso os animais da raça Santa Inês e mestiços (Santa Inês + Dorper) demonstraram características adaptativas para a região sul do Piauí.   


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550696 - ANTONIO AUGUSTO NASCIMENTO MACHADO JUNIOR
Externo ao Programa - 1554007 - FELICIANNA CLARA FONSECA MACHADO
Externo ao Programa - 2364874 - MANOEL LOPES DA SILVA FILHO
Notícia cadastrada em: 25/08/2015 10:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 07/10/2022 06:12