Notícias

Banca de DEFESA: TADEU BEZERRA LEOPOLDO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TADEU BEZERRA LEOPOLDO
DATA: 05/04/2013
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório Central do CPCE - UFPI
TÍTULO:

LEVANTAMENTO EPIDEMIOLÓGICO E ANÁLISE DE RISCO DA BRUCELOSE E CLAMIDOFILOSE EM PEQUENOS RUMINANTES EXPLORADOS NO ESTADO DO PIAUÍ


PALAVRAS-CHAVES:

Chlamydophila abortus; Brucella abortus; Epidemiologia; Piauí


PÁGINAS: 83
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
ESPECIALIDADE: Fisiopatologia da Reprodução Animal
RESUMO:

Apesar do tamanho dos rebanhos ovinos e caprinos brasileiros, a produtividade ainda está bem aquém da capacidade produtiva de carne, leite, pele e subprodutos de origem ovina e caprina. Agentes infecciosos, como vírus, bactérias e fungos, e agentes parasitários como protozoários e helmintos, são responsáveis por significativo decréscimo na produtividade, interferindo principalmente na eficiência reprodutiva destas espécies. Este estudo visou obter informações sobre a real situação dos criatórios de caprinos e ovinos, na Microrregião do Alto-Médio-Gurguéia (MRAMG) e Microrregião Homogênea de Teresina (MRHT), onde foi realizado levantamento soro-epidemiológico da infecção causada pela bactéria Chlamydophila abortusem ambas regiões, através do teste de Fixação de Complemento (FC) e da Brucella abortus na Microrregião Homogênea de Teresina (MRHT), através do teste de Imunodifusão em Gel de Agarose (IDGA). Do total de 282 amostras testadas pertencentes a 24 propriedades, observou-se 4,83% de animas apresentando anticorpos contra B. ovis e 0,64% (02/282) animais suspeitos ao teste de imunodifusão em gel de agarose. A Chlamydophila abortus está presente na Microrregião do Alto Médio Gurguéia e Microrregião Homogênea de Teresina. Em ambas as microrregiões estudadas, a prevalência da doença apresentou-se estatisticamente semelhante tanto na espécie caprina quanto em ovinos. A prevalência de ovinos positivos para as duas Microrregiões estudadas tenderam a ser superiores a prevalência de caprinos. Portanto, tanto a Brucella ovis, quanto a Chlamydophila abortus estão presentes em rebanhos de pequenos ruminantes na Microrregião Homogênea de Teresina (brucelose e clamidofilose) e na Microregião do Alto-Médio-Gurguéia (clamidofilose), necessitando-se, desta forma, da implantação de medidas de controle para evitar a propagação dessa enfermidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1643184 - NEY ROMULO DE OLIVEIRA PAULA
Externo ao Programa - 2657497 - BRUNO LEANDRO MARANHAO DINIZ
Externo à Instituição - FRANCISCO SELMO FERNANDES ALVES - EMBRAPA
Externo à Instituição - RAYMUNDO RIZALDO PINHEIRO - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 05/04/2013 10:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 07/10/2022 13:55