Notícias

Banca de DEFESA: LEANDRA POLLINY MORAIS MACHADO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEANDRA POLLINY MORAIS MACHADO
DATA: 30/07/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Núcleo de Pós-Graduação do CCA
TÍTULO: Curva de crescimento e característica de carcaças de galinhas Canela-Preta em diferentes sistemas de criação
PALAVRAS-CHAVES: cortes nobres, galinha caipira, ganho de peso, modelos não lineares, rendimento de carcaça, taxa de crescimento.
PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
RESUMO:

Objetivou-se com este trabalho descrever a curva de crescimento e avaliar o rendimento de carcaça e cortes de maior valor comercial de galinhas Canela-Preta em diferentes sistemas de criação. Foram utilizadas 400 aves, machos e fêmeas, Canela-Preta provenientes da aquisição de pintainhos de um dia. As aves foram criadas em dois sistemas diferentes, confinamento e semi-confinamento, com 200 animais em cada sistema, sendo alojados sem separação por sexo. Para a determinação das curvas de crescimento do peso corporal das aves, os dados coletados foram avaliados a partir dos modelos não lineares: Brody III, Polinomial Inverso, Quadrático Logarítmico, Papajcsik e Bodero, Logístico, Richards, Von Bertalanffy, Gompertz, Função Gama Incompleto e Linear Hiperbólico. Os parâmetros dos modelos foram estimados pelo método de Gauss Newton. Os critérios estatísticos utilizados para a seleção do melhor modelo para descrever a curva de crescimento foram: quadrado médio do resíduo, coeficiente de determinação, percentual de convergência e desvio médio absoluto do resíduo. Com relação ao estudo de carcaça as medidas de peso e carcaça foram realizadas com balança (precisão 0,005 kg) e fita métrica em dois momentos (post-mortem e resfriada). E os cortes foram: peito (PPT), coxa (PCX), sobrecoxa (PSC), comprimento do peito (CPT), altura do peito (APT), largura do peito (LPT), comprimento da coxa (CCX) e comprimento da sobrecoxa (CSC).  Para o cálculo dos rendimentos da carcaça, foi tomado como base o peso vivo após o jejum, imediatamente antes do abate. Os rendimentos dos cortes foram obtidos pela relação entre o peso dos cortes post-mortem e o da carcaça resfriada. Os dados foram submetidos à análise de variância, para avaliar os efeitos de sexo e sistema de criação. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Todos os modelos estudados atingiram a convergência, sendo que os de Richards e Von Bertalanffy foram os mais adequados para descrever o crescimento dessas aves. Fatores como sexo e sistema de criação influenciam significativamente no crescimento das aves. O coeficiente de determinação não foi um bom critério para escolha dos modelos devido aos altos valores encontrados em todos os modelos. As taxas de crescimentos observadas indicaram que estratégias de manejo podem ser implementadas de forma a aumentar a eficiência produtiva de galinhas Canela-Preta. Os machos tiveram peso de carcaça, rendimento de carcaça e de cortes superiores às fêmeas devido ao fato da maior deposição de tecido muscular, principalmente nas partes mais valorizadas da carcaça. Quanto ao rendimento de peito as fêmeas mostraram-se superiores quando comparadas com os machos. O sistema de criação mais adequado foi o semi-confinado, pois promoveu melhor crescimento e características de carcaça para as galinhas Canela-Preta.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550485 - JOSE LINDENBERG ROCHA SARMENTO
Interno - 1650875 - LEILANE ROCHA BARROS DOURADO
Externo à Instituição - DIEGO HELCIAS CAVALCANTE - ALFA
Externo à Instituição - LUIZ ANTONIO SILVA FIGUEIREDO FILHO - IFMA
Notícia cadastrada em: 12/07/2018 16:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 07/10/2022 06:36