Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DANIELA KUNKEL

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELA KUNKEL
DATA: 26/02/2014
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório do HUV de Bom Jesus
TÍTULO:

Viabilidade do sêmen congelado-descongelado rediluído em ACP111® e fertilidade em vacas Bos indicus submetidas à inseminação artificial em tempo fixo


PALAVRAS-CHAVES:

água de coco, rediluição, IATF, zebuínos.


PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Reprodução Animal
ESPECIALIDADE: Inseminação Artificial Animal
RESUMO:

A utilização de biotecnologias reprodutivas como inseminação artificial, sincronização do estro e o uso da água de coco em pó como diluente seminal, auxiliando na melhora dos índices de produtividade do rebanho de bovinos de corte e contribuindo para a redução de custos como a melhor utilização do tempo, mão de obra e recursos financeiros.  O objetivo deste trabalho será avaliar a viabilidade do sêmen descongelado rediluído em ACP111® utilizado na inseminação artificial de fêmeas zebuínas submetidas a tratamento de sincronização do estro e ovulação. Foram utilizadas 30 (trinta) vacas da raça Nelore separadas em dois grupos com 15 animais (grupo controle e grupo ACP). A determinação das condições ovarianas, diagnóstico de gestação e acompanhamento da gestação será realizado com o auxílio de aparelho de ultrassom CTS – 900V, SIUI®. A viabilidade do sêmen rediluído em ACP111® foi realizada através da analise da motilidade no momento da rediluição do sêmen, sendo o preparo do diluente conforme as especificações do fabricante. Análise estatística utilizada foi teste de qui-quadrado considerando as variáveis taxa de fertilidade, proporção machos e fêmeas e viabilidade dos espermatozoides. Os resultados para viabilidade do sêmen demonstraram que as doses estavam viáveis com motilidade 75% e vigor 3, na taxa de fertilidade os resultados alcançaram 13% para grupo controle e grupo ACP® não havendo diferença estatística (P≤0,05), já a proporção macho e fêmea apresentou diferença estatística (P≤0,05). Portanto, o ACP111® não foi considerado eficiente nesse estudo devido a interferência de fatores externos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1643184 - NEY ROMULO DE OLIVEIRA PAULA
Interno - 1550696 - ANTONIO AUGUSTO NASCIMENTO MACHADO JUNIOR
Externo ao Programa - 2657497 - BRUNO LEANDRO MARANHAO DINIZ
Notícia cadastrada em: 21/02/2014 15:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 07/10/2022 15:26