Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCIANO SILVA SENA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIANO SILVA SENA
DATA: 16/12/2014
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 1 CPCE
TÍTULO:

ESTIMAÇÃO DE PARÂMETROS GENÉTICOS PARA CARACTERÍSTICAS DE CARCAÇA E TAMANHO CORPORAL EM OVINOS DA RAÇA SANTA INÊS UTILIZANDO MODELOS UNI E MULTICARACTERÍSTICAS


PALAVRAS-CHAVES:

Análise multivariada, herdabilidade, Longissimus dorsi, modelo animal, morfometria, ovinos de corte


PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
RESUMO:

A pesquisa foi realizada com informações de 1.306 ovinos da raça Santa Inês registrados junto à Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos (ARCO), pertencentes a oito fazendas situadas no estado do Maranhão e oito fazendas no estado do Piauí, com informações coletadas entre janeiro de 2012 e abril de 2014, em animais com idades superiores a oito meses. O objetivo deste estudo foi estimar e comparar os parâmetros genéticos (herdabilidade e correlação genética) para características de carcaça, peso e tamanho corporal dos animais avaliados, estimados em análises uni e multivariadas, e comparar o impacto de cada tipo de análise sobre a estimação desses parâmetros. As informações de tamanho corporal foram obtidas com a mensuração das características altura da garupa (AG), circunferência torácica (CT), profundidade torácica (PT) e comprimento corporal (CC). Estas informações foram mensuradas quando o animal encontrava-se em estação e posição correta de aprumos. O peso corporal foi aferido com uso de balança manual do tipo mecânica. As características de carcaça utilizadas foram área de olho de lombo (AOL), espessura de gordura subcutânea (EGS), espessura do músculo Biceps femoris (EGBF), comprimento máximo do olho de lombo (COL) e profundidade máxima do olho de lombo (POL). Os componentes de (co)variâncias e os parâmetros genéticos foram estimados por meio de um modelo animal utilizando a metodologia da máxima verossimilhança restrita, com auxílio do programa WOMBAT, assumindo critério de convergência igual a 10-7. Os efeitos fixos considerados no modelo foram período de coleta, fazenda, ano de coleta, estação de nascimento e idade do animal no momento da coleta; como efeitos aleatórios foram considerados o efeito genético do animal e o erro aleatório associado a dada observação. As herdabilidades encontradas para as características avaliadas no presente estudo foram de baixa a moderada magnitude e apresentam valores semelhantes quando estimadas por análise uni e bicaracterística. Com exceção de altura da garupa, as características de tamanho corporal e peso apresentaram herdabilidade moderada. Esses resultados evidenciam a possibilidade de obtenção de ganho genético com a seleção direta para tais características nos rebanhos da raça Santa Inês estudados. Todavia, atenção tem que ser dada as características de tamanho corporal, pois a seleção para aumento em tamanho, direta ou indireta, pode ocasionar aumento nas exigências de mantença e diminuição da precocidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1550485 - JOSE LINDENBERG ROCHA SARMENTO
Interno - 1656633 - CARLO ALDROVANDI TORREAO MARQUES
Interno - 1907649 - KATIENE REGIA SILVA SOUSA
Notícia cadastrada em: 16/12/2014 08:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 30/09/2022 06:34