Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ISABELA DE SOUZA BRAUNA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ISABELA DE SOUZA BRAUNA
DATA: 27/08/2018
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório Oeste, Campus Ministro Reis Velloso, Parnaíba/PI
TÍTULO: Análise da ação anti-inflamatória e antioxidante de nanopartícula de prata estabilizada com colágeno e polímero do cajueiro por aplicação transdérmica
PALAVRAS-CHAVES: Nanopartículas. Anti-inflamatório. Antioxidante. Estresse Oxidativo. Inflamação.
PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

Introdução:A busca por novos fármacos viáveis, naturais e com menos ou nenhum efeito deletério ao organismo, está em ascensão. Com isso a nanotecnologia veio de forma revolucionária com a manipulação dos materiais na escala atômica, molecular e macromolecular. Com o incentivo ao aperfeiçoamento dos métodos químicos de síntese, houve uma popularização, da pesquisa realizadanaáreadenanopartículasmetálicas, com destaque para conteúdos de prata em fins biológicos, para desenvolvimento de novas estratégias anti-inflamatórias. O objetivo do estudo é descobrir a eficácia de nanopartículas de prata, colágeno e goma do cajueiro administradas em diferentes quadros inflamatórios. Metodologia: O estudo consistirá em ensaios experimentais em camundongos. O edema de pata será induzido por carragenina e diferentes mediadores inflamatórios e a peritonite será induzida por doses específicas de carragenina. Será analizado o estresse oxidativo e a atividade anti-inflamatória pela determinação de glutationa reduzida (GSH), ácido malondialdeído (MDA), mieloperoxidase (MPO), nitrato e nitrito, superoxido dismutase, contagem total e diferencial de células, análise de permeabilidade, histologia e por análise de Western Blotting. Resultados parciais: Relacionado as doses de 25 µl, 50 µl e 75 µl, no tratamento com nanopartículas no edema de pata induzido por carragenina, houveuma redução do inchaço de 46%, 66%, 86%, respectivamente, comparado ao grupo carragenina. Na dosagem de MPO houve uma redução de 59,3%, 68,3%, 83,4% e 81,9% em comparação ao grupo carragenina. Já na dosagem de nitrito a dose de 75µlapresentou uma redução de 71% quando comparado ao grupo carragenina.Conclusão parcial:Constatou-se até o momento que a aplicação de nanopartículas de prata, colágeno e goma do cajueiro pela via transdérmica tem efeito anti-inflamatório e atua para diminuição do estresse oxidativo. Perspectivas futuras: Pretende-se descrever o efeito da AgNPcol + gc em mais marcadores inflamatórios e de stress oxidativo, assim como mostrar histologicamente o estado tecidual pré e pós aplicação de nanopartículas, comparados a grupos controles negativo e positivo.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1680593 - JAND VENES ROLIM MEDEIROS
Interno - 1637767 - MARCELO DE CARVALHO FILGUEIRAS
Presidente - 1774210 - VINICIUS SAURA CARDOSO
Notícia cadastrada em: 30/07/2018 10:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 29/09/2022 09:16