Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Conservação – PPGBC é o mais novo curso de pós-graduação strictu sensu da área de Biodiversidade do Nordeste, cuja proposta foi aprovada no ano de 2019.


O PPGBC destaca-se por: (1) ser o primeiro e único vinculado à área de Biodiversidade da CAPES no Estado do Piauí; (2) não ter cursos nesta mesma área da CAPES em localidades próximas (i.e., menos de 400km); (3) poder atender à demanda existente no Estado do Piauí e regiões circunvizinhas; (4) ter sua sede no Campus Amílcar Ferreira Sobral, no município de Floriano; e, portanto, estar localizado fora da sede da UFPI, descentralizando a formação qualificada de recursos humanos; (5) dispor de uma estrutura física compatível com as atividades desenvolvidas em um curso deste tipo; e (6) ser proposto por professores qualificados, capacitados, produtivos e comprometidos com a formação de recursos humanos e com a investigação da biodiversidade regional.


Área de concentração e linhas de pesquisa


Programa de Pós-graduação em Biodiversidade e Conservação – PPGBC possui somente uma área de concentração: Biodiversidade e Conservação. Esta área tem como objetivo formar profissionais em nível mestrado, em duas grandes linhas de pesquisa: (1) "Conhecimento da Biodiversidade" e (2) "Uso e Conservação da Biodiversidade". O PPGBC tem sua sede no interior do Estado do Piauí, um dos Estados mais pobres e com um dos maiores déficits de conhecimento científico, no Brasil.


Assim, o Programa oferecerá disciplinas que capacitem e estimulem seus discentes a realização de projetos e pesquisas voltados, por exemplo, para a proposição de estimativas e impactos sobre a biodiversidade, a descrição da biodiversidade, bem como a investigação das relações filogenéticas entre seres vivos. Este conhecimento, tradicionalmente classificado como básico, é importante e necessário para permitir investigações sobre como a biodiversidade é utilizada por populações humanas, bem como para permitir desenvolver ações para sua conservação e seu uso sustentável.


Linha de pesquisa "Conhecimento da Biodiversidade":

Nesta linha de pesquisa serão desenvolvidos projetos e pesquisas que objetivam conhecer a biodiversidade, a partir de realização de descrições de novos táxons, revisões taxonômicas, análises filogenéticas com dados morfológicos e/ou moleculares, estudos sobre a morfologia de organismos, histologia, filogeografia, biogeografia, evolução, sistemática, comportamento, história natural e ecologia de populações, de comunidades e de ecossistemas.


Linha de pesquisa "Uso e conservação da biodiversidade":

Nessa linha de pesquisa serão desenvolvidos projetos que visam entender como populações humanas utilizam a biodiversidade ao seu redor, bem como pesquisas que permitam propor estratégias para garantir a conservação e o uso sustentável da biodiversidade. Estas pesquisas incluem, por exemplo, análise da diversidade genética de organismos por meio de marcadores moleculares, etnozoologia, etnobotânica, etnobiologia, recuperação de áreas degradadas, impactos ambientais, epidemiologia, parasitologia, entomologia agrícola, reprodução animal e agroecologia.


Página Alternativa


Coordenação do Programa

  • - LEONARDO SOUSA CARVALHO

    Telefone/Ramal: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    Telefone/Ramal 2: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    E-mail: Nenhum conteúdo disponível até o momento

  • - JULIO FERNANDO VILELA

    Telefone/Ramal: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    Telefone/Ramal 2: Nenhum conteúdo disponível até o momento

    E-mail: Nenhum conteúdo disponível até o momento

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 26/09/2022 10:17