Notícias

Banca de DEFESA: MARIA SANTA DE SOUSA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA SANTA DE SOUSA SILVA
DATA: 29/05/2024
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório do Núcleo da Pós-graduação do Centro de Ciências Agrárias-CCA/UFPI
TÍTULO: SELEÇÃO DE PROGÊNIES F6 DE FEIJÃO-FAVA COM HÁBITO DE CRESCIMENTO INDETERMINADO PARA A AGRICULTURA FAMILIAR
PALAVRAS-CHAVES: Phaseolus lunatus, parâmetros genéticos, variabilidade genética
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A família Fabaceae está disseminada por todo o mundo, seus representantes estão presentes principalmente nas regiões tropicais e subtropicais. Dentre as espécies, o feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) é uma das leguminosas de maior importância do gênero, sendo uma importante fonte de proteína para populações da América do Sul e da África. A cultura tem grande relevância no Brasil, principalmente no Nordeste, apresentando-se como alternativa alimentar e de renda. O presente estudo visou por meio da estimação de parâmetros genéticos e metodologia REML/BLUP avaliar e selecionar progênies de feijão-fava de hábito de crescimento indeterminado, com características desejáveis, como precocidade, sementes claras e alta produtividade, e que tenham potencial para serem recomendadas futuramente para os pequenos agricultores. Foram analisadas as progênies de três populações em geração F6 de porte indeterminado pertencentes ao Banco de Germoplasma de Phaseolus da Universidade Federal do Piauí . As populações utilizadas neste trabalho foram obtidas através de cruzamentos em parceria com a Universidade da Califórnia – Davis. Pela análise de variância individuais evidenciaram-se diferenças significativas entre as progênies de feijão-fava. A estimação dos parâmetros genéticos evidenciou variabilidade genética dentro das populações que pode ser explorada para o melhoramento da espécie. A metodologia REML/BLUP foi efetiva na predição de ganhos para as populações de feijão-fava. A população H53 apresenta características desejáveis, para o melhoramento da espécie, a população também tem potencial para ser recomendada futuramente para o uso dos pequenos agricultores.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1342714 - ANGELA CELIS DE ALMEIDA LOPES
Externo ao Programa - 2587236 - CARLOS HUMBERTO AIRES MATOS FILHO
Interno - 930.516.623-72 - VERÔNICA BRITO DA SILVA - UENF
Notícia cadastrada em: 06/05/2024 10:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 23/07/2024 00:25