Notícias

Banca de DEFESA: TAYNA PAULA BRITO DE AQUINO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TAYNA PAULA BRITO DE AQUINO
DATA: 26/07/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do DQ-CCN
TÍTULO:

NANOPARTÍCULAS DE Fe3O4@SiO2 REVESTIDAS COM SnO2 APLICADAS NA FOTODEGRADAÇÃO DO CORANTE AZUL DE REMAZOL


PALAVRAS-CHAVES:

Nanopartículas de Fe3O4@SiOH;  Superparamagnetísmo; SnO2; Fotocatálise; Azul de remazol R.


PÁGINAS: 104
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
RESUMO:

A fotocatálise heterogênia é uma tecnologia promissora no tratamento de efluentes industriais e descontaminação ambiental. A dificuldade de recuperação de fotocatalisadores é um dos impecílios pelos quais essa tecnologia não é aplicada em escala indutrial. Diante disso, alguns sistemas utilizando nanopartículas magnéticas e semicondutores têm sido desenvolvidos e aplicados à fotocatálise. No presemte trabalho foi feita a síntese de nanopartículas (NPs) de Fe3O4 pelo método da co-precipitação e a modificação destas com SiO2 e SnO2 pelo método sol-gel. Variou-se concentração do fotocatalisador (SnO2) até recobrimento superficial total. Os materiais foram calcinados em duas temperaturas (300 °C e 700 °C) e caracterizados por espectroscopia UV-Vis, FTIR, DRX, FRX, MEV, EDX e VSM. O espectro UV-Vis da suspensão coloidal de Fe3O4 apresentou uma banda alargada em 351 nm, enquanto os espectros dos materiais modificados apresentaram um deslocamento batocrômico para 400 nm sugerindo o revestimento das NPs com SiO2 e SnOxHy. Os espectros de FTIR do sistema Fe3O4@SiO2/SnOxHy e dos materiais calcinados a 300 °C evidenciaram os estiramentos e deformações característicos de Fe3O4, SiO2 e SnOxHy, enquanto os materiais calcinados à 700 °C apresentaram diminuição dos estiramentos de O-H. Os difratogramas dos materiais Fe3O4, Fe3O4@SiOH, Fe3O4@SiO2/SnOxHy e calcinados a 300 °C apresentaram planos de difração característicos da Fe3O4 e aumento da fase amorfa nos materiais modificados com SiO2 e SnOxHy. Os difratogramas dos materiais calcinados à 700 °C mostraram a presença de hematita (α-Fe2O3) e SnO2. As análises de FRX e EDX evidênciaram a saturação da superfície de Fe3O4@SiOH com SnOxHy com a concentração 0,05 mol L-1. As imagens de MEV mostraram materiais em escala nanométrica formando aglomerados e a formação de partículas maiores de SnOxHy a partir da concentração 0,1 mol L-1. As medidas de magnetização mostraram comportamento superparamagnético para todos os materiais sintetizados. Dentre todas as concentrações, o material α-Fe2O3@SiO2/SnO2 0,4 apresentou-se como o mais promissor para aplicação em fotocatálise, promovendo a degradação de 87,3 % do corante azul de remazol após 120min de irradiação com luz UV.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1714171 - JANILDO LOPES MAGALHAES
Interno - 2363808 - EDMILSON MIRANDA DE MOURA
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Externo à Instituição - EDUARDO REZENDE TRIBONI - USP
Notícia cadastrada em: 12/08/2016 10:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 29/02/2024 06:40