Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA GIRLENE DE SOUSA BEZERRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA GIRLENE DE SOUSA BEZERRA
DATA: 07/12/2020
HORA: 14:30
LOCAL: sala virtual - link de acesso à sala - meet.google.com/fji-pnwo-uhc
TÍTULO: Processo de obtenção de nanopartículas de prata coloidal a base de amido de manihot esculenta crantz
PALAVRAS-CHAVES: nanopartícula de prata, amido, estabilidade, síntese verde
PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
RESUMO:

Esse estudo apresenta duas rotas de síntese verde de nanopartículas de prata (AgNPs) com estabilidade coloidal prolongada por um período mínimo de doze meses na presença de amido de Manihot esculenta Crantz como agente redutor e de estabilização. A estabilidade coloidal das partículas foi obtida em meio alcalino usando hidróxido de sódio para o ajuste de pH na faixa de 10-11. As rotas de bioredução escolhidas foram via banho-maria e micro-ondas, na temperatura de 70 °C, com intervalo de tempo entre 15 min e 1h. As AgNPs obtidas foram caracterizadas por Espectroscopia de absorção UV-vis (UV-vis) para a confirmação da formação das nanopartículas; por Microscopia Eletrônica de Transmissão (MET) obteve os resultados da morfologia esférica, tamanho médio variando entre 5-20 nm e a ausência de grandes aglomerados durante o período de 12 meses de armazenamento. As interações durante a bioredução foram examinadas por Espectroscopia de Infra-vermelho por Transformada de Fourier (FTIR); o estudo da estabilidade coloidal foi monitorado por Espalhamento Dinâmico de Luz (DLS) mostrando sua alta estabilidade coloidal prolongada garantida pelos valores de potencial zeta entre -35,5 e -45,8 mV, PdI variando de 0,343 a 0,566. A cristalinidade das AgNPs foi confirmada por difratômetro de raios X (DRX) por meio dos planos de difração (111), (200), (220) e (311), característicos da prata cúbica de face centrada. Por absorção atômica determinou-se a taxa de redução dos íons prata em cada rota de síntese, obtendo 94% de AgNPs via banho-maria e 89% por micro-ondas. De acordo com os resultados obtidos, o amido de Manihot esculenta Crantz apresenta-se como um excelente agente redutor/estabilizantes, garantindo um método ambientamente sustentável, de simples reprodutibilidade


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 1551616 - CHISTIANE MENDES FEITOSA
Externo ao Programa - 1113300 - FERNANDA ROBERTA MARCIANO
Externo ao Programa - 1543947 - GIRLENE SOARES DE FIGUEIREDO
Notícia cadastrada em: 04/12/2020 10:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 28/02/2024 01:57