Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: IOLANDA SOUZA DO CARMO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IOLANDA SOUZA DO CARMO
DATA: 22/10/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Sala virtual https://meet.google.com/pwv-tsqi-sjj
TÍTULO: Desreplicação por CG-EM e LC-ESI-QTOF-MS/MS e citotoxicidade do extrato e frações das folhas de Lantana caatingensis.
PALAVRAS-CHAVES: Desreplicação; toxicidade; GC-MS; Lantana
PÁGINAS: 51
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Orgânica
ESPECIALIDADE: Química dos Produtos Naturais
RESUMO:

Neste estudo está descrito pela primeira vez a composição química e a avaliação citotóxica do extrato e das frações das folhas de Lantana caatingensis,uma planta nativa e endêmica do Nordeste brasileiro. A desreplicação do extrato e frações, foi realizada por GC-MS, para as frações hexânica (FHexLC) e diclorometano (FDCMLC) e por LC-ESI-qTOF-MS/MS, para o extrato (EHALC) e as frações acetato de etila (FAcOEtLC) e metanólica (FMeOHLC). A viabilidade celular foi realizada através do ensaio de MTT frente as linhagens saudáveis de fibroblastos e queratinócitos (HACAT) humanos e frente a linhagem tumoral de carcinoma não melanoma (A431). Através da desreplicação, observou-se nas frações apolares e de média polaridade a presença de hidrocarbonetos, ácidos graxos, esteroides e triterpenoides, sendo o esqualeno e fitol os compostos majoritários das FHexLC e FDCMLC, respectivamente. No extrato e nas frações FAcOEtLC e FMeOHLC, foram identificadas flavonas C-glicosiladas derivadas da apigenina, feniletanoides glicosilados e aglicona de flavonoides. O ensaio de MTT revelou alta toxicidade do extrato frente a linhagem de fibroblastos e HACAT (IC50 de 6,65 μg mL-1 e 6,62 μg mL-1, respectivamente ) e dentre as frações testadas a FAcOEtLC apresentou IC50 de 4,27 μg mL-1 frente a HACAT, frente a linhagem tumoral a FDCMLC mostrou IC50 de 26,40 μg mL-1. O crescimento inibitório do extrato e frações variaram de 86 a 96% frente a linhagem tumoral testada. A partir do ensaio, observou a alta toxicidade da espécie estudada, podendo ser uma forte candidata na realização de novos ensaios frente a parasitas e/ou outras linhagens tumorais.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167257 - ANTONIA MARIA DAS GRACAS LOPES CITO
Interno - 1167592 - MARIANA HELENA CHAVES
Interno - 1549302 - SIDNEY GONCALO DE LIMA
Externo ao Programa - 2264286 - JOSÉ DE SOUSA LIMA NETO
Externo à Instituição - LUCAS MACIEL MAURIZ MARQUES - PUC Goiás
Notícia cadastrada em: 19/10/2021 12:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 28/02/2024 02:32