Notícias

Banca de DEFESA: NAYTHALLA ANGELA MENDES SARAIVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NAYTHALLA ANGELA MENDES SARAIVA
DATA: 26/10/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do PPGQ - UFPI (virtual)
TÍTULO: PRODUÇÃO DE HIDROGÊNIO POR DECOMPOSIÇÃO FOTOCATALÍTICA DA ÁGUA EMPREGANDO EFEITO PLASMÔNICO DE NANOPARTÍCULAS SUPORTADAS EM TITANATO
PALAVRAS-CHAVES: Nanotubos de titanato; Produção de hidrogênio; Fotocatálise plasmônica
PÁGINAS: 56
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
ESPECIALIDADE: Físico Química Inorgânica
RESUMO:

A aplicação da energia solar na fotogeração catalítica de hidrogênio por decomposição da água é uma opção de energia limpa e eficaz, colocando em prática os conceitos do desenvolvimento sustentável. Fotocatalisadores a base de titânio têm ganhado destaque por apresentarem parâmetros singulares frente a outros semicondutores. Neste trabalho, realizou-se a produção de hidrogênio utilizando nanotubos de titanatos (HTiNts) sintetizados por um processo hidrotérmico e decorados com nanopartículas plasmônicas de AuPd-TiNts, AuPt-TiNts, PdPt-TiNts pelo método de deposição-precipitação com ureia. As amostras produzidas foram caracterizadas por espectroscopia RAMAN, MET, EDS, ICP-OES, XPS, UV-VIS e adsorção-dessorção de N2. As imagens de microscopia mostraram a formação dos nanotubos lamelares de titanatos com diâmetro em torno de 100 nm. Com base nas análises de espectroscopia Raman, os nanotubos, mesmo após a calcinação, manteve a morfologia tubular, sendo anatase a fase predominante. Os dados de EDS mostraram a formação das partículas bimetálicas. Os espectros de XPS confirmaram a presença das espécies químicas esperadas, como Ti, Au, Pd, Pt e O em todas as amostras. Ademais, é possível acrescentar que os sinais de Na são mínimos, comprovando uma boa troca iônica nos suportes de titanato. O conteúdo metálico dos catalisadores foi determinado quantitativamente por ICP-OES. Além disso, os espectros de absorção de UV-VIS revelam uma diminuição significativa do band gap das amostras após a adição das nanopartículas plasmônicas. As isortemas de adsorção e dessorção apontam para um aumento das áreas superficiais, que garantem melhor distribuição dos sítios ativos para a realização da fotocatálise. De modo geral, os fotocatalisadores apresentaram elevadas taxas de produção, em destaque, para o AuPd-TiNts com valores em torno de 4000 μmol⋅g-1.  A presença de metais na superfície do suporte permitiu mudança nas propriedades dos fotocatalisadores devido ao efeito plasmônico dos metais, principalmente do ouro, conferindo melhorias. Esses resultados sugerem que os fotocatalisadores sejam excelentes candidatos para aplicações em fotocatálise, promovendo a produção sustentável de energia através do hidrogênio.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2351244 - JEAN CLAUDIO SANTOS COSTA
Interno - 1714171 - JANILDO LOPES MAGALHAES
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Externo à Instituição - ANTONIO CARLOS SANT ANA - UFJF
Notícia cadastrada em: 21/10/2022 06:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 02/03/2024 09:44