Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FELIPE ALVES BATISTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FELIPE ALVES BATISTA
DATA: 06/10/2023
HORA: 08:00
LOCAL: auditório do PPGQ
TÍTULO: Composição de filmes de alginato de sódio contendo nanopartículas de óxido de cobre (CuONPs) sintetizadas usando extrato da espécie Turnera Subulata (Chanana) para cicatrização de ferimentos.
PALAVRAS-CHAVES: Filme polimérico, cobre, nanoparticulas, tumera subulata, cicatrização
PÁGINAS: 121
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
RESUMO:

O alginato de sódio vem sendo utilizado para o tratamento de feridas, pois forma
hidrogéis e possui boas características para manter a ferida protegida, permeável ao ar
e úmida. As nanopartículas de cobre possuem características que as fazem ótima
opção na construção de nano compósitos para tratamento de ferimentos, pois inibem
o crescimento de micro-organismos e mediam a produção de biomoléculas
importantes para o processo de cura. O objetivo deste trabalho foi sintetizar
nanopartículas de cobre usando extrato de Turnera Subulata Sm e incorporá-las em
alginato de sódio a fim de obter filmes com potencial antibacteriano e cicatrizante. O
sistema proposto foi caracterizado por UV-Vis, FTIR, DLS, AFM, DRX e teve sua
biocompatibilidade verificada através do teste de hemólise. A análise de UV-Vis mostra
absorções referentes ao CuONPs e CuNPs em 280 e 404 nm respectivamente. Banda
plasmônica é observada em 500 nm para CuNPs produzidas em banho ultrassônico.
Nos espectros de FTIR foi possível identificar modos de estiramento e dobramento de
grupos funcionais presentes no extrato de turnera Subulata responsáveis pela
redução/estabilização dos íons cobre, além disso, encontram-se as absorções em 780 e
618 cm-1 originadas pela ligação Cu-O. O diâmetro das partículas foi estimado por DLS,
os tamanhos registrados foram 564.5 nm (pH ácido) e 394.2 nm (pH básico) com PI
igual a 0.3 e 0.1, respectivamente. Os dados de AFM indicam que a rugosidade do
alginato foi modificada com a adição de CuNPs, a imagem superficial exibe um material
com aspecto homogêneo. O difratograma do filme alginato/CuNPs revelam os picos
característicos do cobre e uma melhora no perfil semicristalino do polímero. O teste
de hemólise mostrou que as CuNPs são hemocompatíveis em todas as concentrações
testadas. Portanto, o nano compósito pode ser usado para fins biomédicos como o
tratamento de ferimentos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2157495 - ANDERSON NOGUEIRA MENDES
Interno - 1551616 - CHISTIANE MENDES FEITOSA
Interno - 1722880 - JOSY ANTEVELI OSAJIMA FURTINI
Externo ao Programa - 3302639 - LUCIANO DA SILVA LOPES
Notícia cadastrada em: 11/09/2023 10:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 02/03/2024 10:12