Notícias

Banca de DEFESA: PELRRY DA SILVA COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PELRRY DA SILVA COSTA
DATA: 30/10/2023
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório da CPPGQ
TÍTULO: Otimização das condições de oxidação aeróbica de álcool benzílico empregando nanobastões híbridos de Mg(OH)2-MgO decorados com nanopartículas de ouro sem adição de base
PALAVRAS-CHAVES: catálise, nanopartículas de ouro, oxidação de álcoois, planejamento fatorial, nanobastões híbridos.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
RESUMO:

As nanoestruturas unidimensionais vêm sendo muito estudadas por conta de suas propriedades únicas. Além disso as nanopartículas de ouro têm sido empregadas como catalisadores bastante efetivos em diversas reações, especialmente na oxidação de álcoois, que produz reagentes muito empregados na indústria. Nesse contexto, o seguinte trabalho teve como objetivo a produção de nanopartículas de ouro suportadas em nanobastões híbridos de Mg(OH)2-MgO para a oxidação seletiva de álcool benzílico. O suporte foi escolhido por conta de sua basicidade intrínseca e propriedades superficiais esperadas da morfologia do suporte. Os nanobastões foram sintetizados por meio de coprecipitação em meio alcalino, seguida de calcinação. As AuNPs foram sintetizadas pela redução com borohidreto de sódio (NaBH4) e estabilizadas com álcool polivinílico (PVA). Para a definição dos parâmetros reacionais foi utilizado uma abordagem multivariada de três fatores (pressão, temperatura e tempo), com a resposta sendo o rendimento de benzaldeído. O EDS exibiu que o montante de ouro disposto sobre o suporte é de 1,14 % e a microscopia eletrônica de transmissão (MET) mostrou uma distribuição uniforme dos nanobastões, com um tamanho médio de 30,61 nm, e das AuNPs sobre a superfície do suporte, com um diâmetro médio de 4,82 nm. Por meio do refinamento Rietveld se determinou que os nanobastões têm 21,6% de MgO, elevando a basicidade do material. Por meio do planejamento fatorial realizado, obteve-se um rendimento de benzaldeído de 54,47 (conversão de 80,1%, com seletividade de 68,0% para benzaldeído. Destarte, foi possível produzir um catalizador com altas conversão e seletividade, sem o emprego de base ou oxidantes estequiométricos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2363808 - EDMILSON MIRANDA DE MOURA
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 2406262 - ROBERTO ALVES DE SOUSA LUZ
Interno - 1508806 - WELTER CANTANHEDE DA SILVA
Notícia cadastrada em: 20/10/2023 11:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 18/07/2024 17:03